quinta-feira, 19 de abril de 2018

Enóphilo Wine Fest Lisboa 2018 | Vencedores do Passatempo

E os vencedores do Passatempo Enóphilo Wine Fest encontrados via sorteio no random.org são:

4 - Carlos Alfeirão;
8 - Bruno Dias;
9 - Hugo Paiva

Basta indicarem o vosso nome na recepção do evento. Não se esqueçam. É uma entrada dupla. Por isso levem companhia!

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Rascunho By Quinta de Santiago 2015 Branco

RASCUNHO BY QUINTA DE SANTIAGO 2015 BRANCO | VINHO VERDE | 13,5% | PVP  24,50€
ALVARINHO
NENUFAR REAL SOCIEDADE AGRÍCOLA, LDA
17,5

Este é um vinho que de Rascunho apenas tem o nome. Apresenta-se com vestimenta original, papel kraft de embrulho e laçarote de guita ao pescoço. Parece querer nos fintar com esta veste simples e com nome a condizer. Puro engano. Está um grande branco, um grande Alvarinho. Intervenção mínima na vinha, fermentação total por leveduras indígenas em balseiro de carvalho francês durante dois meses e estágio sobre borras totais com batonage constante por nove meses. O resultado?
Cor amarelo citrino, esverdeados leves, aspecto jovem e brilhante. Mostra nariz perfumado, com notas citrinas a exóticas em harmonia com notas de flor branca, pedra partida, muito ligeiro amanteigado, complexo e com grande frescura.
Na boca revela em primeiro plano uma acidez marcada, a secar o palato, parece mais domada do que aparenta. Vai em crescendo desde que se começa a beber. Com boa estrutura e largura num perfil com muita fruta e muita frescura.
Será de bom tom encontrá-lo por aí no futuro. Sei que será uma Alvarinho de guarda, de boa guarda e de juntar à mesa.

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Bairrada | Baga, História, Tradição e Futuro

A Comissão Vitivinícola da Bairrada (CVB), na pessoa do seu presidente, Pedro Soares, apresentou recentemente algumas novidades da região que representa e fez um balanço do que foi feito até ao presente projectando uma clara aposta no futuro da região Bairrada.
No restaurante Taberna Fina, do chefe André Magalhães foram dados a conhecer os novos espumantes Baga-Bairrada da Casa do Canto, Quinta do Ortigão e da Casa Agrícola António Santos Lopes (provamos os dois primeiros); os novos Bairrada Clássicos, um branco e um tinto, o primeiro da Messias e o segundo da Aliança e o que mudou, o que tem vindo a ser feito e o que se pretende para o futuro, em termos vínicos e de promoção nesta região.
Continuar a apostar no crescimento, em valor e em volume, do número de garrafas produzidas com o selo Bairrada quer no mercado nacional, quer no mercado além fronteiras. Reforçar ainda mais a marca Baga-Bairrada nos espumantes e promover e incentivar o enriquecimento da categoria Bairrada Clássico.
O futuro parece sorrir  pelo que há que erguer bem alto a "tacinha" de espumante pois lá diz o velho ditado popular na região "De manhã termas da Curia, à tarde espumantes na Anadia."

ESPUMANTE CASA DO CANTO BRUTO 2015 BRANCO | BAIRRADA | 12% | PVP 7,70€
BAGA
ANADIAGRO, LDA
16
Cor levemente adamado, ligeiros rosados, bolha fina e persistente, aromas de fruta vermelha, framboesas em destaque, algum floral, muito delicado e elegante. Na boca espuma leve e crocante, acidez equilibrada e numa boa relação com a doçura do mesmo, notas de fruta vermelha, final longo.

MESSIAS CLÁSSICO 2012 BRANCO | BAIRRADA | 12% | PVP 20€
BICAL, CERCEAL
SOCIEDADE AGRICOLA COMERCIAL VINHOS MESSIAS, SA
18
Cor amarelo dourado, aspecto límpido e brilhante. Aroma fruta seca, alguma passa, complexo, notas de cera, fruta amarela de caroço, fresco e elegante. Boca opulenta, sucolenta, cremosa, com uma acidez no ponto, vibrante e vivaz, com muita finura e elegância brutal, onde a fruta aparece bem colocada e termina longo.

KOMPASSUS RESERVA 2016 BRANCO | BAIRRADA | 12,5% | PVP 12,49€
ARINTO, BICAL
KOMPASSUS VINHOS, LDA
16,5
Cor amarelo citrino, nuances esverdeadas, aspecto jovem e brilhante. Aromas intenso, fruta citrina e de caroço, elevada carga mineral, salino, pedra partida, muito fresco, Boca expressiva, acidez moderada e equilibrada, fruta citrina, maça verde, com corpo e boa untuosidade, final de boca longo e pleno de finura.

ALIANÇA BAGA CLÁSSICO BY QUINTA DA DÔNA 2011 TINTO | BAIRRADA | 13,5% | PVP 17€
BAGA
ALIANÇA - VINHOS DE PORTUGAL, SA
17,5
Cor rubi de média concentração, aberto no bordo do copo, aspecto limpo e jovem. No nariz a fruta vermelha, preta e azul mostra fina e elegante, nota de barrica bem ligada e envolvente, chocolate preto, folha de tabaco e fumados num perfil fresco. Boca com estrutura, garra, com tanino presente, macio, untuosidade, fruta vermelha e preta bem fresca e bem posicionada, complexo, longo no final.

MARQUÊS DE MARIALVA GRANDE RESERVA TINTO 2011 TINTO | BAIRRADA | 14,5% | PVP €
BAGA, TOURIGA NACIONAL
ADEGA COOPERATIVA DE CANTANHEDE, CRL
17
Cor rubi intenso, de média concentração, mas mais intenso, com violetas definidos, aspecto limpo e novo. No nariz a fruta vermelha e preta madura, com a barrica ainda a precisar de tempo, embora a caminho da ligação, algum toffee e cacau, saco de chá preto, fresco. Boca com estrutura, acidez seca, muito boa secura, fruta madura fresca, bem composta, com balsâmico fino e fresco. Final de boca longo e musculado.

ESPUMANTE ORTIGÃO BLANC DE NOIRS 2015 BRANCO | BAIRRADA | 12,5% | PVP 7€
BAGA
QUINTA DO ORTIGÃO SOCIEDADE AGRO-TURÍSTICA, LDA
15,5
Cor amarelo bastante aberto, muito leve acobreado, salmão muito clarinho, bolha fina, persistente, com aromas elegantes de fruta vermelha, flor branca, ligeiro adocicado. Espuma fresca, leve e cremosa, com algum doce a sobressair e com boa amplitude.

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Enóphilo Wine Fest Lisboa 2018 | Passatempo

O Wine Fest do Luís Gradíssimo vai já para a sua quarta edição. Sob o novo nome Enóphilo Wine Fest será no próximo dia 21 de abril que, a partir das 15 horas, no Salão Nobre do Hotel Ritz Four Seasons, em Lisboa poderá desfrutar de um evento destinado a quem gosta de vinho.
O Enóphilo Wine Fest reúne um alargado número de expositores, distinguindo‐se pela elevada oferta qualitativa, num verdadeiro tributo aos vinhos de Portugal e pretende afirmar a qualidade dos vinhos portugueses e surpreender os apreciadores mais exigentes.
Luís Gradíssimo escolheu criteriosamente os produtores presentes no Enóphilo Wine Fest Lisboa 2018 e garante “que será uma experiência vínica alargada e abrangente, por entre as mais de 200 referências de vinhos de Portugal continental e ilhas”. 
O evento vínico que vai ter em prova vinhos tranquilos, espumantes e fortificados, estando já confirmadas as presenças de 47 produtores de norte a sul de Portugal, sem esquecer Madeira e Açores. 
Da região dos Vinhos Verdes estarão presentes as empresas Lima Smith; Vinho Verde Young Projects (Vale dos Ares, Quinta de Santiago, 100 Igual e Cazas Novas); Quinta do Regueiro; Quinta do Ferro e Quinta do Outeiro. 
De Trás‐os‐Montes serão dois os produtores: Casal Faria e Vinhos Romano Cunha. Também a norte, vindos do Douro, e muito aguardados estão a Quinta da Rede; Esmero; Vinilourenço; Luís Seabra; Somnium; Maçanita Irmãos e Enólogos; Dalva & Quinta de Ventozelo (Douro e Vinhos do Porto) e Blackett (Vinhos do Porto).
A região de Távora‐ Varosa marca presença com o produtor Hehn & Meireles. Depois segue‐se a Bairrada com Quinta das Bágeiras, Casa de Saima, Quinta dos Abibes; o Dão com Casa da Passarella; Quinta da Fata; Quinta de Lemos; Quinta do Mondego (Munda); e a Beira Interior com Quinta do Cardo.
A região Tejo assinala duas presenças com a Casa Cadaval e Pinhal da Torre; seguida de Lisboa com a Quinta do Rol, a Quinta de Pancas, Infinitude, Quinta do Lagar Novo e Casal St.ª Maria. António Saramago, um dos mais aclamados enólogos e produtores de Portugal, também confirmou presença, levando os seus vinhos tranquilos e Moscatel de Setúbal, também da Península de Setúbal a Quinta do Piloto e a Herdade do Cebolal, prometem fazer as delícias dos “provadores”.
E ainda, poderão ser provados vinhos nascidos mais a sul de Portugal, no Alentejo: Nunes Barata, Vinha das Virtudes, Lima Mayer & Companhia, Herdade do Arrepiado Velho, Fita Preta e Joaquim Arnaud (que também levará os seus vinhos Lisboa, Bairrada e Moscatel de Setúbal).
Do Atlântico, ninguém deixará de querer provar os vinhos Barbeito, da Madeira; os vinhos Czar e os vinhos da Azores Wine Company, dos Açores.

Para abrilhantar o programa, vão realizar‐se três Provas Especiais no Enóphilo Wine Fest Lisboa 2018. Será uma oportunidade única de provar vinhos e espumantes verdadeiramente fabulosos

15h30 TAWNYS BLACKETT: DA PIPA AO COPO! É absolutamente imperdível conhecer estes Blackett Vinhos do Porto Tawny e prová‐los no estado mais puro, sem filtragem ou estabilização, apenas moldados pelo tempo. Uma rara oportunidade de perceber como é um Tawny antes da sua lotação.

17h00 MIGRAÇÃO DE ABIBES Prova vertical de todos os tintos Reserva Quinta dos Abibes, passando pelas colheitas 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013, conduzida pelo próprio produtor, Francisco Batel Marques. Uma viagem sensorial pelo trabalho desenvolvido ao longo desta última década, com antevisão do que será o futuro desta casa, que já é uma referência na região da Bairrada.

18h30 ESPUMANTES À BEIRA MAR NASCIDOS: UMA DÉCADA DE QUINTA DO ROL. Para verdadeiros apaixonados por espumantes, estarão em prova vertical todos os Blanc de Blancs produzidos na última década na Quinta do Rol, da região de Lisboa. Exclusivamente elaborados a partir da casta Chardonnay, com influência Atlântica e produzidos através do método tradicional, prometem deslumbrar em prova, com as colheitas 2008, 2009, 2010, 2011, 2013, 2015 e 2016. Uma excelente oportunidade para perceber não só as diferenças entre os vários anos de colheita, mas também o impacto do tempo de estágio no perfil de um espumante.

Os bilhetes já estão disponíveis on‐line e na rede de aderentes TicketLine, locais habituais como as Fnacs ou Wortens a nível nacional.
O bilhete de acesso ao evento tem um valor de 10€ em pré‐venda, sendo que no próprio dia custará 15 euros.
As três ‘Provas Especiais’ tem lugares limitados e convém assegurar lugar rapidamente, o acesso a cada uma das provas custa 25€, valor que já inclui a entrada no evento.
Os verdadeiros apreciadores, podem comprar o Pack Enóphilo por 60€, que dá acesso a todo o programa.
A organização disponibiliza, a título de empréstimo, um copo Schott Zwiesel para degustação de todos os vinhos.

Depois de apresentado o programa dizer que o Blog Comer, Beber e Lazer, em conjunto com o Enóphilo Wine Fest, tem a prazer de lançar um passatempo onde irá oferecer aos vencedores 3 entradas duplas para o evento.
Para ficar habilitado basta seguir os seguintes passos:
1 - Fazer like na Página de Facebook do Blog Comer, Beber e Lazer;
2 - Fazer Like na Página de Facebook do Enóphilo;
3 - Colocar um comentário nesta publicação a indicar "EU QUERO IR!" e o seu nome no facebook.

O vencedor será encontrado entre todos os participantes com sorteio via ramdon.org e anunciado no dia 19 de Abril. Boa Sorte!

terça-feira, 10 de abril de 2018

Vila Alva Vinhas Centenárias 2017 Branco

VILA ALVA VINHAS CENTENÁRIAS 2017 BRANCO | ALENTEJO | 13% | PVP  14,98€
ANTÃO VAZ, LARIÃO, MANTEÚDO, PERRUM, DIAGALVES, SÍRIA
ADEGA COOPERATIVA DE VIDIGUEIRA, CUBA E ALVITO, CRL
16,5

São apenas 2666 garrafas de um vinho exclusivamente elaborado com uvas de vinhas centenárias e vinificado em talha. As castas que o compõem têm nomes que pouco habituados estamos a ouvir falar que, devido não só à sua idade, produzem cachos mais concentrados e mais complexos em aromas e sabores. O resultado é um vinho único, diferente e que ao mesmo tempo tenta recuperar um pouco do que se fazia antigamente.
Cor amarelo definido, intensos, ligeiras nuances de dourado, aspecto limpo. Nariz com intensidade de fruta amarela e citrinos maduros, ligeira tangerina, toque terroso, barro, algum fruto seco, intenso, complexo e fresco. Na boca mostra boa amplitude e acidez, com a fruta bem composta, lado a lado com um traço fresco terroso, corpo médio, de comprimento final longo.
Gastronómico, sem dúvida.

domingo, 8 de abril de 2018

Mariposa 2014 Tinto

MARIPOSA 2014 TINTO | DÃO | 13% | PVP  4,95€
TINTA RORIZ, TOURIGA NACIONAL, JAEN
QUINTA DA MARIPOSA, LDA
15,5

Cor vermelho granada intenso, concentrado, aspecto limpo. Aroma a fruta preta madura, alguma silvestre, algum bosque, caruma, vegetal. Boa estrutura de boca, cheio, com ligeira secura, tanino bem delineado, já macio e polido, com a fruta vermelha fresca bem colocada, equilibrado e de final longo e persistente.
Um vinho que dará mais prazer assim, jovem e sem grandes formalismos. À mesa, claro, com comida de alguma estrutura, que lhe faça companhia sem o tentar destronar.

quinta-feira, 5 de abril de 2018

Jantar Vínico "À Mesa Com Os Vinhos Messias" no Dia 12 de Abril

O Blog Comer, Beber e Lazer senta-se à mesa com os Vinhos Messias num jantar vínico  no qual se embarca numa viagem pela História deste icónico produtor e onde se poderá conhecer alguns dos seus vinhos e colheitas provenientes dos três Terroirs onde a Messias produz vinho: Douro, Dão e Bairrada. 
Aos vinhos junta-se a cozinha do Restaurante A Tendinha, em Mem Martins, para a harmonização dos pratos e, ainda, um Blogger (eu!) que também tem algo para contar. 
Escutar o Produtor e o Blogger numa aproximação informal e limitada a 20 participantes ao mundo de um dos maiores produtores de vinho em Portugal. 
Uma oportunidade a não perder! 

EMENTA 
Entrada 
Cocktail de Camarão com Meloa 
Espumante Quinta do Valdoeiro Baga Chardonnay 2014 

Peixe 
Bacalhau com Broa 
Bairrada Clássico 2012 Branco 

Carne 
Lombinhos de Vitela Ao Porto 
Vinha de Sta Bárbara 2013 Tinto 

Carne 
Cabrito à Saloio 
Messias Garrafeira Clássico 2013 Tinto 

Sobremesa 
Tarte Queijada de Sintra 
Porto Messias 20 anos 

Espero por si!
_________________________________________
À MESA COM OS VINHOS MESSIAS
Quando: 12 de Abril 2018 às 20:30H
Onde: Restaurante A Tendinha, em Mem Martins
Preço: 32€ por pessoa 
Como: Inscrever-se pelo mail comerbeberlazer@hotmail.com . Receberá mais instruções na resposta.
Para: Limitado a 20 Pessoas
Mais: 10% de desconto na compra dos Vinhos servidos neste dia

terça-feira, 3 de abril de 2018

Marquês de Borba 2017 Branco

MARQUÊS DE BORBA 2017 BRANCO | ALENTEJO | 12,5% | PVP  5,49€
ARINTO, ANTÃO VAZ, VIOGNIER
J PORTUGAL RAMOS VINHOS, SA
16

Já há uns anos que acompanho esta referência da João Portugal Ramos. Por vezes, volto atrás, volto a beber o mesmo vinho alguns anos depois. Fico satisfeito por encontrar um vinho que nesta gama continua a não desiludir e, melhor do que isso, a conseguir cativar colheita após colheita. Está aí a de 2017.
Cor amarelo citrino, esverdeados limpos e brilhantes, aspecto jovem. No nariz mostra a simplicidade da fruta citrina, bem ladeada por leves notas de tropical fresca e alguma amarela de caroço, traço mineral, elegante e fresco. Na boca assalta-nos com acidez vibrante, citrina e mineral, boa secura e frescura, revelando elegância e final de boca longo.

domingo, 1 de abril de 2018

DoisPontoCinco Síria 2015 Branco

DOISPONTOCINCO SÍRIA 2015 BRANCO | BEIRA INTERIOR | 12% | PVP  5,49€
SÍRIA
2.5 VINHOS DE BELMONTE, LDA
16

Até parece mentira, mas hoje é o primeiro de abril, já com tempo soalheiro e a puxar um vinho mais fresco para acompanhar a refeição ou um petisco.
Este é um 100% Síria (não confundir com Syrah) e é a variedade mais representativa nos vinhos brancos da Beira Interior. Produz brancos que se distinguem pela sua mineralidade e frescura. Este é um belo exemplar.
Cor amarelo citrino, esverdeados leves, aspecto limpo. Nariz com muita frescura na fruta, citrina, amarela de caroço, traço mineral vincado, silex lascado, elegante. Boca com vida, acidez acutilante e envolvente, persistente, limonado, com ligeira untuosidade e volume, num final longo, fresco e de um leveza ímpar.
Casou-se com uns mexilhões com marinada de tomate e pimentos verdes de forma fantástica.

quarta-feira, 28 de março de 2018

Herdade da Farizoa Grande Escolha 2009 Tinto

HERDADE DA FARIZOA GRANDE ESCOLHA 2009 TINTO | ALENTEJO | 14% | PVP  20€
TOURIGA NACIONAL, SYRAH, ALICANTE BOUSCHET
COMPANHIA DAS QUINTAS SAQRC, SA
16,5

Um vinho especial, uma pipa especial numa selecção das melhores uvas das castas touriga nacional, syrah e alicante bouschet. O resultado, à distância de cerca de 9 anos, convence e fica na memória, embora fique a sensação que iria continuar em boa forma por mais uns anos..
Cor vermelho granada intenso, ainda com concentração, fechado, mostrando-se jovem neste aspecto. Aromas com fruta preta, silvestre e de árvore, amoras preta, ameixa, algum cassis, cereja preta, especiaria bem colocada, pimenta do reino, ligeiro tostado, toffee, envolvente e complexo.
Na boca, por incrível que pareça, mostra ainda um traço rude, mostrando força, grande estrutura, de tanino firme e a puxar pela comida da região onde nasce.
Final de boca longo e persistente.
Precisa de comida regional alentejana ao seu lado. Umas migas com entrecosto devem ficar no ponto.

segunda-feira, 26 de março de 2018

Tons de Duorum 2016 Tinto

TONS DE DUORUM 2016 TINTO | DOURO | 13,5% | PVP  4,49€
TOURIGA FRANCA, TOURIGA NACIONAL, TINTA RORIZ
DUORUM VINHOS, SA
15,5

Proveniente da Quinta de Castelo Melhor, no coração do Douro Superior, chega agora ao mercado a mais recente colheita do Tons de Duorum Tinto. Um vinho que ano após ano mantém o perfil a que nos habituou e mantém a linha para que foi pensado.
Cor vermelho rubi intenso, média concentração, leves violetas, aspecto jovem. Nariz onde os frutos vermelhos maduros dominam o bouquet, fruta fresca, directa, com cheiro a Douro. Na boca está pronto a beber, com a fruta vermelha madura, equilibrado, de tanino polido, macio e sem pontas soltas. Bom comprimento de final de boca e uma óptima opção para o dia a dia a um preço acessível.

domingo, 25 de março de 2018

Gala Vinhos do Tejo 2018 | Os Melhores No Vinho e Na Gastronomia

Em noite de alguma chuva e frio a cidade de Tomar vestiu-se a rigor, este Sábado, dia 24 de Março de 2018, para, de forma calorosa, receber a 8.ª Edição da Gala Tejo, evento que a Comissão Vitivinícola Regional do Tejo promove anualmente e cuja organização está a cargo da Confraria Enófila Nossa Senhora do Tejo. Sem dúvida um momento alto para a região Tejo, que reúne os melhores dos prazeres à mesa. 
Na presença de 380 pessoas, o Hotel dos Templários voltou a ser palco da cerimónia de anúncio e entrega dos galardões do Concurso de Vinhos do Tejo, dos Prémios Vinhos do Tejo e do Tejo Gourmet.
Mas vamos aos premiados em cada concurso pois a lista ainda é longa. O IX Concurso de Vinhos do Tejo contou este ano com o maior número de sempre de vinhos e produtores, ou seja, estiveram em prova 166 amostras, de 37 produtores, dos quais 22 foram contemplados com 50 vinhos premiados. A saber, 21 receberam Diploma de Ouro e 29 Diploma de Prata.
A nota de destaque vai para a atribuição de duas das três Medalhas Excelência à Quinta do Casal Branco, em Almeirim, pelos seus Falcoaria Fernão Pires Vinhas Velhas branco 2016 e Falcoaria Colheita Tardia branco 2014. Nos tintos, a Medalha Excelência foi conquistada pelo Casal da Coelheira Private Collection tinto 2015, do Casal da Coelheira, no Tramagal, em Abrantes

IX Concurso de Vinhos do Tejo - Lista de Premiados
MEDALHA EXCELÊNCIA
FALCOARIA VINHAS VELHAS 2016 BRANCO | CASAL BRANCO - SOCIEDADE DE VINHOS, SA
FALCOARIA COLHEITA TARDIA 2014 BRANCO | CASAL BRANCO - SOCIEDADE DE VINHOS, SA
CASAL DA COELHEIRA PRIVATE COLLECTION 2015 TINTO | CASAL DA COELHEIRA - SOCIEDADE AGRÍCOLA, LDA


MEDALHA DE OURO
CABEÇA DE TOIRO RESERVA 2013 TINTO | ENOPORT - PRODUÇÃO DE BEBIDAS, SA
CASAL DA COELHEIRA PRIVATE COLLECTION 2015 TINTO | CASAL DA COELHEIRA - SOCIEDADE AGRÍCOLA, LDA
BRIDÃO COLHEITA TARDIA 2016 BRANCO | ADEGA COOPERATIVA DO CARTAXO, CRL
VARANDAS LICOROSO 2005 BRANCO | ADEGA COOPERATIVA DE ALMEIRIM, CRL
QUINTA DA LAPA RESERVA 2016 BRANCO | AGROVIA - SOCIEDADE AGRO PECUÁRIA, SA
FALCOARIA VINHAS VELHAS 2016 BRANCO | CASAL BRANCO - SOCIEDADE DE VINHOS, SA
MARQUESA DE CADAVAL RESERVA 2013 TINTO | CASA CADAVAL - INVESTIMENTOS AGRÍCOLAS, SA
QUINTA DA ALORNA TOURIGA NACIONAL 2017 ROSÉ | SOCIEDADE AGRÍCOLA DA ALORNA, SA
BRIDÃO ALICANTE BOUSCHET COLHEITA SELECCIONADA 205 TINTO | ADEGA COOPERATIVA DO CARTAXO, CRL
TELA VIOGNIER 2017 BRANCO | ADEGA COOPERATIVA DE ALMEIRIM, CRL
1836 GRANDE RESERVA 2015 TINTO | COMPANHIA DAS LEZÍRIAS, SA
ENCOSTA DO SOBRAL TOURIGA NACIONAL 2015 TINTO | ENCOSTA DO SOBRAL - SOCIEDADE AGRÍCOLA, SA
@ BATISTA'S RESERVA 2016 TINTO | PITADA VERDE - PRODUÇÃO AGRÍCOLA, LDA
QUINTA DA ALORNA SAUVIGNON BLANC 2017 BRANCO | SOCIEDADE AGRÍCOLA DA ALORNA, SA
CASAL DA COELHEIRA PRIVATE COLLECTION 2017 BRANCO | CASAL DA COELHEIRA - SOCIEDADE AGRÍCOLA, LDA
TYTO ALBA MERLOT 2014 TINTO | COMPANHIA DAS LEZIRIAS, SA
LAGOALVA TALHAO 1 2017 BRANCO | D & F - DISTRIBUIÇÃO E FRANCHISING, SA
QUINTA DO CASAL MONTEIRO GRANDE RESERVA 2015 TINTO | QUINTA DO CASAL MONTEIRO, SA
COUDEL MOR RESERVA 2015 TINTO | ADEGA COOPERATIVA DO CARTAXO, CRL
FALCOARIA COLHEITA TARDIA 2014 BRANCO | CASAL BRANCO - SOCIEDADE DE VINHOS, SA
QUINTA DA ALORNA ABAFADO 5 YEARS 2010 BRANCO | SOCIEDADE AGRÍCOLA DA ALORNA, SA

MEDALHA DE PRATA
PADRE PEDRO RESERVA 2016 BRANCO | CASA CADAVAL - INVESTIMENTOS AGRÍCOLAS, SA
TERRA DE LOBOS 2017 ROSÉ | CASAL BRANCO - SOCIEDADE DE VINHOS, SA
BRIDÃO RESERVA 2015 TINTO | ADEGA COOPERATIVA DO CARTAXO, CRL
FIUZA TOURIGA NACIONAL 2016 TINTO | FIUZA & BRIGHT - SOCIEDADE VITIVINÍCOLA, LDA
QUINTA DA ALORNA ARINTO 2017 BRANCO | SOCIEDADE AGRÍCOLA DA ALORNA, SA
BATISTA'S RESERVA 2015 TINTO | PITADA VERDE - PRODUÇÃO AGRÍCOLA, LDA
BADULA COLHEITA SELECCIONADA 2014 TINTO | QUINTA DA BADULA, LDA
ENCOSTA DO SOBRAL RESERVA 2015 TINTO | ENCOSTA DO SOBRAL - SOCIEDADE AGRÍCOLA, SA
QUINTA DA ALORNA RESERVA TOURIGA NACIONAL/CABERNET SAUVIGNON 2014 TINTO |  SOC. AGRÍCOLA DA ALORNA, SA
HERDADE DOS TEMPLÁRIOS 2014 TINTO | QUINTA DO CAVALINHO - VINHOS, LDA
PACIÊNCIA MOSCATEL GRAÚDO 2016 BRANCO | CASA AGRÍCOLA PACIÊNCIA, LDA
VARANDAS GRANDE ESCOLHA 2017 BRANCO | ADEGA COOPERATIVA DE ALMEIRIM, CRL
CASAL DA COELHEIRA 2017 BRANCO | CASAL DA COELHEIRA - SOCIEDADE AGRÍCOLA, LDA
ESPÍRITO LAGOALVA 2017 BRANCO | D & F - DISTRIBUIÇÃO E FRANCHISING, SA
FALCOARIA CLÁSSICO 2014 TINTO CASAL BRANCO - SOCIEDADE DE VINHOS, SA
CONDE VIMIOSO RESERVA 2015 BRANCO | FALUA - SOCIEDADE DE VINHOS, SA
CASALEIRO RESERVA 2014 TINTO | ENOPORT - PRODUÇÃO DE BEBIDAS, SA
NANA RESERVA 2015 TINTO | AGROVIA - SOCIEDADE AGRO PECUÁRIA, SA
QUINTA DA LAPA SYRAH RESERVA 2015 TINTO | AGROVIA - SOCIEDADE AGRO PECUÁRIA, SA
FALCOARIA GRANDE RESERVA 2015 TINTO | CASAL BRANCO - SOCIEDADE DE VINHOS, SA
CASAL DA COELHEIRA RESERVA 2017 BRANCO | CASAL DA COELHEIRA - SOCIEDADE AGRÍCOLA, LDA
VALE DE LOBOS TOURIGA NACIONAL 2015 TINTO | SOCIEDADE AGRICOLA DA QUINTA DA RIBEIRINHA, LDA
CONDE VIMIOSO RESERVA 2014 TINTO | FALUA - SOCIEDADE DE VINHOS, SA
HERDADE DOS TEMPLÁRIOS 2017 BRANCO | QUINTA DO CAVALINHO - VINHOS, LDA
CABEÇA DE TOIRO RESERVA 2017 BRANCO | ENOPORT - PRODUÇÃO DE BEBIDAS, SA
SOLAR DOS LOENDROS 2015 TINTO | CASA AGRÍCOLA SOLAR DOS LOENDROS, LDA
CASAL DO CONDE RESERVA TOURIGA NACIONAL/CABERNET SAUVIGNON 2014 TINTO | SOC AGRÍCOLA CASAL DO CONDE, SA
VALE D'ALGARES SELECTION 2015 TINTO | CASA AGRÍCOLA FAIA E FILHOS, LDA
CONDE VIMIOSO COLHEITA SELECCIONADA 2016 TINTO | FALUA - SOCIEDADE DE VINHOS, SA

Prémios Vinhos Tejo
Empresa Dinamismo Vinhos do Tejo 2017 | Adega Cooperativa de Benfica do Ribatejo
Empresa Excelência Vinhos do Tejo 2017 | Adega Cooperativa do Cartaxo
Enólogo do Ano Vinhos do Tejo 2017 | Manuel Lobo de Vasconcellos
Enólogo do Ano Vinhos do Tejo 2017 | Joana Silva Lopes
Prémio Carreira 2017 | Mário Augusto Parreira Louro
Prémio Carreira 2017 | José Jacinto Freire Rodrigues 


Prémios Especiais Tejo Gourmet 2017
Pátio dos Petiscos – Montemor-o-Novo | Melhor Entrada
À Terra (Vila Monte Farm House) – Moncarapacho - Olhão | Melhor Prato
Viva Lisboa (Neya Lisboa Hotel) – Lisboa | Melhor Sobremesa
Grupo El Galego - Santarém | Melhor Promoção 
Naco na Pedra – Salir do Porto – Caldas da Rainha | Melhor Carta de Vinhos
Petiscaki – Montemor-o-Novo | Revelaçao
Cisco – Almeirim | Melhor Tradicional
150 Gramas – Vila Franca de Xira | Melhor Casa de Petiscos
À Terra (Vila Monte Farm House) – Moncarapacho - Olhão | Melhor Internacional
ANNA’S Restaurant – Aveiro | Melhor Cozinha de Autor
Wish – Porto | O Melhor Restaurante

Prémios Tejo Gourmet 2017
DIPLOMA OURO
ANNA’S Restaurant – Aveiro          
Cisco – Almeirim
Wish – Porto     
Pátio dos Petiscos – Montemor-o-Novo   
À Terra (Vila Monte Farm House) – Moncarapacho - Olhão    
Petiscaki – Montemor-o-Novo
Copo 3 – Cartaxo 
150 Gramas – Vila Franca de Xira    
Terra Chã – Alcobertas – Rio Maior 
Pigalle – Santarém     
Tejá – Santarém   
Viva Lisboa (Neya Lisboa Hotel) – Lisboa
Dom Joaquim – Évora    
BL Restaurante – Évora
Varanda do Parque – Santarém    
AveiraMariscos – Aveiras de Cima
Magna Carta – Paredes da Vitória – Magna Carta
Dom Vinho – Ribeiro Barato - Sardoal
Adega do Albertino – Imaginário - Caldas da Rainha
Calça Perra – Tomar
A Casa do Avô – Guia – Albufeira    
Café Alentejo – Évora 
Chalet Vicente – Funchal – Madeira 
Tascá d’ Almeirim – Almeirim
Vintage – Pombal
A Lúria – Portela de S. Pedro - Tomar
Danidoce Marisqueira – Alpiarça
Palhinhas Gold – Rio Maior
           
DIPLOMA PRATA
Dom Apetite – Entroncamento
De Mar em Mar – Salir do Porto – Caldas da Rainha
Sala de Corte – Lisboa
Almourol – Tancos 
O Cavalo do Sorraia – Alpiarça
Naco na Pedra – Salir do Porto – Caldas da Rainha
Taberna do Gaio – Cartaxo
Deg’ustar – Torres Novas
Beef & Wines – Funchal - Madeira
O Beira Rio – Tomar
Tascá – Santarém 
Feitó Bife – Santarém   
Taxo – Cartaxo  
Quinta da Nora – Montemor-o-Novo       
 Grão Mestre (Hotel dos Templários) – Tomar

sábado, 24 de março de 2018

Provas | Comprar Um Vinho Que Não Se Conhece

Das coisas que gosto de fazer sempre que vou a uma garrafeira ou a um supermercado. Procurar por vinhos que não conheça. Principalmente das regiões menos compradas, com castas diferentes ou nomes diferentes. Costumam comprar vinho que não conhecem? Vamos a mais uma publicação no site Enólogo Chef Continente?
"(...)No domingo passado comprei um vinho que desconhecia por completo. No hipermercado reparei nele na prateleira dos vinhos dedicados às regiões da Bairrada, Dão e Beira Interior. É uma secção para três regiões que por vezes passa despercebida, mas são regiões que costumam produzir vinhos de elevada qualidade. Por isso, nunca passo sem deitar o olho para ver o que por lá anda. (...)" continuar a ler aqui.

sexta-feira, 23 de março de 2018

Montes Claros Reserva 2007 Branco

MONTES CLAROS RESERVA 200 BRANCO | ALENTEJO | 13% | PVP  8€
ARINTO, ANTÃO VAZ, ROUPEIRO
ADEGA COOPERATIVA DE BORBA, CRL
16

Pode parecer repetitivo, mas volto a afirmar, sem problemas nenhuns, que os brancos com idade cada vez me impressionam mais. Adoro encontrar estes tesouros perdidos e depois, tal qual um miudo com um brinquedo novo, deliciar-me com o prazer que me dá abri-lo e depois bebe-lo
Com 10 anos de idade, encontrei-o vestido de amarelo com laivo dourados, sem ser muito carregado na cor e de aspecto limpo. No nariz aromas de fruta amarela e tropical bem maduros, num entre caminho para a passa, mais doce e  com notas de frutos secos e alguma passa, mostrando frescura, envolvência e a prender-me ao copo.
Na boca para além de um cremosidade ao toque, envolvência e algum corpo, mostrou-se bem vivo, com acidez equilibrada, ainda a fruta, com profundidade e um final de boca muito interessante.
(provado e bebido em 2018)

terça-feira, 20 de março de 2018

Quinta do Valdoeiro Syrah 2015 Tinto

QUINTADO VALDOEIRO SYRAH 2015 TINTO | BAIRRADA | 12,5% | PVP  14€
SYRAH
SOCIEDADE AGRÍCOLA E COMERCIAL DOS VINHOS MESSIAS, SA
16,5
Um Syrah bairradino, proveniente de solos de argila vermelha da Quinta do Valdoeiro e com influência dos ventos marítimos frescos do Atlântico. Frescura e firmeza de perfil que vão melhorando com o tempo de abertura da garrafa. Por isso, beba sem pressas.
Cor de vermelho intenso, concentrado, mais aberto no bordo do copo, de aspecto limpo e jovem. Revela aromas de fruta preta madura, sem excessos, especiaria fina bem colocada, algum fumado, envolvente fresca. Na boca mostra um syrah com algum músculo, boa acidez, secura e frescura, com a fruta a mostrar-se evidente, sumarenta, num bom equilíbrio com os restantes elementos, de tanino polido, mas firme, fugindo um pouco ao registo mais quente e guloso.
Final de boca longo e fresco, mostrando também que os 12,5% de álcool mantêm-no no ponto até ao final da garrafa.

segunda-feira, 19 de março de 2018

Provas | O Dia Do Pai Pede Um Bom Vinho

O Dia do Pai é hoje e em todos os restantes dias do ano. Mas hoje tem aquele toque, brilho especial e é preciso mão certa para escolher o vinho correcto. Que seja especial| Vamos a mais uma publicação no site Enólogo Chef Continente?
"(...)De todos os dias especiais ao longo do ano muitos são aqueles que à partida sugerem a abertura de uma garrafa de vinho. Somos (os portugueses) muito facilmente levados a juntar a boa comida, os vinhos e os amigos à volta de uma mesa sempre que a oportunidade espreita. (...)" continuar a ler aqui.

quinta-feira, 15 de março de 2018

Chão Rijo 2016 Branco

CHÃO RIJO 2016 BRANCO | LISBOA | 12% | PVP  3,49€
MALVASIA, GALEGO DOURADO, JAMPAL, FERNÃO PIRES
ADEGA REGIONAL DE COLARES, CRL
16

Cada vez mais considero este branco uma autêntica hidden Gem do nosso panorama vínico. Não porque esteja escondido ou se queira esconder, mas por continuamos a não querer encontrar um branco com grande frescura citrina, com notas a mar e grande leveza.
Cor amarelo citrino, definido, ligeiros esverdeados e aspecto limpo. Aromas citrinos plenos de frescura, limão, tangerina, casca de laranja, toque tropical, vertente marinha e mineral bem vincada. Na boca mostra algum corpo, ligeiro volume, fruta citrina fresca, muito equilibrado e fresco, com as notas de mar (tanto mar) bem integradas terminando longo.
A comprar.

quarta-feira, 14 de março de 2018

Tendências | Vinho Para o Dia-a-Dia

Com este tempo até apetece não sair de casa. O lar doce lar faz mais sentido quando lá fora a temperatura, a chuva e o vento mostram as garras. No entanto, quer seja em casa quer seja num estabelecimento de restauração, o vinho à refeição faz cada vez mais sentido. Não precisamos de beber vinhos especiais todos os dias, mas que os vinhos que bebemos consigam tornar os nossos dias em especiais, principalmente no momento da refeição. Sabe como escolher vinhos para o dia-a-dia? Vamos a mais uma publicação no site Enólogo Chef Continente?
"(...)Beber vinho no dia-a-dia, às refeições e de forma moderada, é um hábito cada vez mais habitual e, bem vistas as coisas, uma forma muito saudável de acompanhar os seus momentos à volta da mesa. (...)" continuar a ler aqui.

terça-feira, 13 de março de 2018

Vidigueira Perrum 2016 Branco

VIDIGUEIRA PERRUM 2016 BRANCO | ALENTEJO | 12% | PVP  4,99€
PERRUM
ADEGA COOPERATIVA DE VIDIGUEIRA, CUBA E ALVITO, CRL
15,5

Vinho branco feito unicamente a partir da casta Perrum. Casta para muitos completamente desconhecida, mas que costuma aparecer normalmente em blends de brancos alentejanos. Este é, provavelmente, o único monocasta Perrum existente, pelo que é sempre óptimo para a conhecer sem ser "misturada" com as outras.
Cor amarelo citrino, leves esverdeados, aspecto jovem e brilhante. No nariz boa intensidade aromática num bouquet de citrinos, limonado, toranja, fruta fresca e interessante traço de pedra lascada. Na boca mostra acidez, suave untuosidade, meio seco, limonado, tangerina fresca e novamente envolvente mineral que se gosta. Final de boca longo e a buscar algo que se morda, algo vindo do mar, uns percebes, um mexilhão ou uma ameijoa à Bulhão Pato.

domingo, 11 de março de 2018

Gala TEJO 2018 | Vinhos do Tejo Vestem-se de Gala Para Receber Prémios

A Cidade dos Templários é, uma vez mais, a escolhida para receber a Gala TEJO 2018, a decorrer no Sábado, dia 24 de Março, pelas 19h00, no Hotel homónimo, em Tomar. 
Um evento anual, organizado pela Comissão Vitivinícola Regional do Tejo em parceria com a Confraria Enófila de Nossa Senhora do Tejo, e que tem como objectivo promover a marca Vinhos do Tejo, estimular a produção vínica de qualidade e dar a conhecer os melhores néctares da região. 
São três os grandes momentos a decorrer durante esta cerimónia. São anunciados os resultados e entregues os prémios do IX Concurso de Vinhos do Tejo – cujas provas para apurar os vinhos vencedores decorreram nos dias 01 e 02 de Março.

No âmbito dos Prémios Vinhos do Tejo são galardoados produtores e enólogos que, durante o ano de 2017, realizaram um trabalho de primazia na cultura da vinha e do vinho, estando contempladas as categorias Empresa Dinamismo, Empresa Excelência, Enólogo do Ano e Prémio Carreira 2017
Ao mesmo palco sobem ainda os representantes dos restaurantes de Norte a Sul do país e ilhas que mais se destacaram durante o roteiro Tejo Gourmet - 8.º Concurso de Iguarias e Vinhos do Tejo. Promovida há oito anos consecutivos, o Tejo Gourmet tem como objectivo promover a excelência na restauração, com destaque para a harmonização dos vinhos do Tejo com uma gastronomia de índole tradicional, internacional e de autor. Para além de distinguidas as maridagens - com entrada, prato, e sobremesa -, há prémios para a Melhor Promoção, Melhor Carta de Vinhos, Prémio Revelação Restaurante de Cozinha Tradicional, Melhor Restaurante de Cozinha Internacional, Melhor Restaurante de Cozinha de Autor e Melhor Restaurante
Ainda no dia 24 de Março, antes de começar a Gala TEJO 2018’ propriamente dita, acontece o XXXIX Capítulo Geral da Confraria Enófila Nossa Senhora do Tejo, que tem início às 18h00. O Capítulo da Primavera é uma reunião de trabalho onde se aprovam as contas do exercício anterior e o relatório de actividades 2017. Faz-se um ponto de situação das actividades que a Confraria tenciona levar a cabo durante o ano 2018 e uma avaliação do que se fez em 2017. 
A confirmação de presença e as inscrições para o Jantar e Gala decorrem até dia 10 de Março, sendo obrigatórias. Para tal basta aceder ao site da Confraria Enófila do Tejo, em www.confrariadotejo.pt, e preencher a ficha de inscrição ou enviar e-mail para confraria.enofila.tejo@gmail.com. O valor é de €35,00 e inclui a refeição e a degustação de uma variada selecção de vinhos do Tejo, de entre espumantes, brancos, rosados, tintos e vinhos doces e fortificados. 
Para os participantes do evento que quiserem pernoitar no Hotel dos Templários há tarifas especiais. A reserva deve ser efectuada directamente com o hotel, através do telefone 249 310 100 ou do e-mail reservas@hoteldostemplarios.pt, sendo mencionado que a estada é feita no âmbito do evento.
__________________________________________
GALA TEJO 2018
Onde? Hotel dos Templários, TOMAR
Quando? sábado, 24 de Março, 19:00h
Custa? 35€ por pessoa. Inclui a refeição e a degustação de uma variada selecção de vinhos do Tejo, de entre espumantes, brancos, rosados, tintos e vinhos doces e fortificados.
Reservar:  Aceder ao site da Confraria Enófila do Tejo, em www.confrariadotejo.pt, e preencher a ficha de inscrição ou enviar e-mail para confraria.enofila.tejo@gmail.com.

sexta-feira, 9 de março de 2018

Um Quarteto de Novidades da Herdade das Servas

A produzir vinhos no Alentejo há 13 Gerações, a Família Serrano Mira celebrou no ano de 2017 o bonito número de 350 anos de produção de vinhos. Efeméride importante e que foi catalisadora para algumas mudanças na imagem dos vinhos e no incluir da assinatura Family Winegrowing Legay Since 1667 na identidade da Herdade das Servas.
O produtor celebra a data, mas quem recebe as prendas somos todos nós. A festa de aniversário pedia vinhos à altura do acontecimento e assim foram lançadas no mercado quatro novas colheitas no patamar de topo de gama.

O Herdade das Servas Reserva Branco e o Herdade das Servas Vinhas Velhas nos tintos fazem a ligação ao passado e as novidades absolutas Herdade das Servas Colheita Tardia e Licoroso Tinto registam o presente e apontam ao futuro. 

HERDADE DAS SERVAS COLHEITA TARDIA | ALENTEJO | 12,5% | PVP 24€
SÉMILLON
SERRANO MIRA, SA - HERDADE DAS SERVAS 
18
Um colheita tardia alentejano cujas uvas foram afectadas pelo fungo da podridão nobre e cuidadosamente vindimadas no mês de novembro.
Cor amarelo de nuances douradas, limpo, brilhante. No nariz não engana, é colheita tardia e com podridao nobre, muita laranja e alperce compotado, mel, maduro, algum fruto passa, uva passa. Boca com untuosidade, fresco, chá de limão com mel, perfil fresco e leve, de  comprimento longo.
Dos melhores que tenho bebido deste género feito em terras lusas.
A ligação à mesa foi feita com uma entrada de Estufado de Língua de Vaca com Tutano e Foie Gras. Magnifico!

HERDADE DAS SERVAS RESERVA 2016 BRANCO | ALENTEJO | 13,5% | PVP 16,5€
ARINTO, VERDELHO, ALVARINHO
SERRANO MIRA, SA - HERDADE DAS SERVAS 
17,5
Este é a segunda colheita do reserva branco. O vinho estagiou 9 meses em barricas de carvalho francês, com batonnage regular, e dormitou depois já em garrafa durante 3 meses na adega do produtor.
Cor amarelo definido, de nuances douradas, leves, aspecto limpo. Nariz com aromas de fruta de caroço, despego, alperce maduro, ligeiro citrino e bem envolvido em notas ainda salientes de barrica, perfil fresco. Boca com volume, untuosidade envolvente, fina cremosidade, acidez equilibrada com a fruta amarela fresca, envolvente e de final longo. Um branco que assenta que nem uma luva neste tempo frio.
Casou muito com a Canja de Bacalhau e mostrou-se capaz de ir ainda mais longe. Está um belo branco.

HERDADE DAS SERVAS VINHAS VELHAS 2014 TINTO | ALENTEJO | 15,5% | PVP 25,5€
ALICANTE BOUSCHET, TRINCADEIRA, TOURIGA NACIONAL, PETIT VERDOT ( VINHA VELHA)
SERRANO MIRA, SA - HERDADE DAS SERVAS 
17,5
Vinhas com mais de 50 anos, com reduzida produção por cepa, com estágio de 18 meses em barrica de carvalho francês e americano de primeiro e segundos anos e com repouso em garrafa de mais 12 mesa em cave.
Cor vermelho granada, violetas definidos, mais escuros no núcleo, aspecto limpo e jovem. Aromas de fruta preta madura, ameixa preta, cereja preta, casca de figo, especiaria fina com notas de barrica já incorporadas. Grande estrutura de boca, complexo, cheio, com grande robustez, mordiscável, mostrando um perfil fresco e fazendo esquecer um pouco os 15,5% de álcool. Profundo e longo de final.
Teve com companhia no prato o Peito de Pato com Beterraba e Laranja. Sem falha, mas acho que o vinho esperava por prato mais complexo e regional nesta ligação.

HERDADE DAS SERVAS LICOROSO | ALENTEJO | 19% | PVP 18,5€
ALICANTE BOUCHET, TRINCADEIRA, ARAGONEZ
SERRANO MIRA, SA - HERDADE DAS SERVAS 
16,5
Mais uma das novidades absolutas do produtor. O vinho que gerou mais discussão, mas mostrando que está aqui uma bela base para futuras colheitas. Sendo clara a ligação imediata ao chocolate e aos frutos vermelhos, foi servido com um Soufle de Chocolate de Cabo Verde 70% Cacau com Trufa de Frutos Vermelhos.
Cor de vermelho retinto e escuro, opaco, com violetas bem definidos, aspecto limpo. No nariz muita nota de figo seco, fruta preta madura compotada, ameixas, chocolate preto, cacau. Boca com volume, de perfil harmonioso, cheio, de final longo e persistente.

quinta-feira, 8 de março de 2018

Dona Maria Grande Reserva 2012 Tinto

DONA MARIA GRANDE RESERVA 2012 TINTO | ALENTEJO | 14,5% | PVP  25€
ALICANTE BOUSCHET, TOURIGA NACIONAL, PETIT VERDOT, SYRAH
JÚLIO BASTOS
18

A magia da vinha velha do alentejo num vinho que, apesar de se mostrar ainda bastante novo e a precisar da mão sabedora do tempo, mostra grande potencial de guarda, num conjunto cheio de força, frescura e expressão do terroir desta casa.
Um vinho que se quer à mesa com comida à séria, a regional alentejana, pratos onde a carne de porco tenho um papel especial e onde outras carnes vermelhas se juntem à companhia. Precisava de o rever nessas condições.
De cor vermelho retinto e opaco, lágrima nítida, aspecto límpido. No plano aromático a fruta vermelha e preta assume um primeiro comando, fruto silvestre preto, revelando depois harmonia com as notas perfumadas de violetas, especiaria fina, fresco mentolado, hortelã respirante e pronunciada frescura. Na boca, apesar do seu volume e estrutura, mostra um perfil mais elegante, direi mais internacional, colocando de lado um pouco da rusticidade que se poderia esperar e dando lugar a taninos bem presentes, mas aveludados, macios, com a fruta bem bonita, envolvente, harmonioso e de final longo.
O repouso em garrafeira vai ser como um sono de beleza. Os anos vão passar devagar.

quarta-feira, 7 de março de 2018

Marquês de Borba 2009 Branco

MARQUÊS DE BORBA 2009 BRANCO | ALENTEJO | 12,5% | PVP  5,49€
ARINTO, RABO DE OVELHA, ROUPEIRO
J PORTUGAL RAMOS VINHOS, SA
16

Esta é a história da prova deste vinho da colheita de 2009 em 2018. A história recente de um vinho de preço acessível, feito para beber, ainda com a imagem antiga e com a composição das castas também ela diferente da actual. Um vinho que deu muito prazer a beber. E é assim que tem de ser. Um vinho tem de dar prazer, tem de fazer parte de um momento e este, fez sem dúvida parte dele.
Cor amarelo de nuances douradas, intenso, limpo e cativante. Aromas que denotam evolução, com notas de fruta amarela bem madura, frutos secos e alguma passa, mostrando frescura e zero cansaço.
Na boca revelou acidez, frescura, redondo, com uma cremosidade envolvente, algum nervo, não querendo baixar os braços aos anos que se lhe contam.
Que bela companhia fez a uma tábua de queijos.
Com um pouco de sorte ainda encontro mais alguma na Garrafeira Estado d´Alma.

terça-feira, 6 de março de 2018

Porto Extravaganza | Os Vinhos Generosos de Portugal Em Sintra

Madeira, Moscatel e Porto. Em três dias, cada qual dedicado a um destes vinhos generosos, Sintra vai ser o palco dos sonhos de muitos enófilos. Em relação às edições anteriores surge uma pequena-Grande alteração. A 5ª Edição do Porto Extravaganza, apresenta no seu line up, pela primeira vez, a inclusão de dois outros estilos de Generosos para além do Vinho do Porto, ou seja, o Vinho da Madeira e Moscatel de Setúbal. 
Os protagonistas para cada dia são (rufar dos tambores....)

DIA 9 DE MARÇO DE 2018
RICARDO DIOGO E OS VINHOS VELHOS DA MADEIRA
Uma prova inédita e exclusiva em Portugal Continental...uma viagem intemporal pelos Madeiras velhos oriundos de colecções do Avô e da Mãe bem como de famílias particulares da ilha da Madeira. 12 Vinhos da Madeira de Excepcional qualidade irão desfilar no dia 9 de Março...o vinho mais novo em prova será um Bual de 1958. Não haverá jantar neste dia, só prova.

DIA 10 DE MARÇO DE 2018
COLECÇÃO PARTICULAR DE DOMINGOS SOARES FRANCO
Uma prova única e inédita em Portugal. Alhambre 20 Anos, Alhambre Roxo 20 Anos, D.S.F Cognac, D.S.F Armagnac, Bastardinho 40 Anos, Torna Viagem (Testemunha), Torna Viagem (Brasil), Torna Viagem (E.U.A), Apoteca 1911...mais dois Moscatéis surpresa de grande nível... 
Após a Prova será servido no alpendre do Palácio com vista para a Serra e para o mar Espumante Lancers Brut 
MENU DOMINGOS SOARES FRANCO
Chef Miguel Silva 
Entrada Terrina de Foie Gras, brioche, frutos silvestres e textura de maça 
Vinho Rosé Moscatel Roxo Colecção Particular DSF 
Peixe Polvo, batata, aioli de coentros, chipo de alho 
Vinho Branco Verdelho 2017 
Carne Borrego, puré de cebola assada, cevada e beterraba 
Vinho Tinto José de Sousa 2015 
Sobremessa Pêra, mousse de mascarpone, noz pecan, gelado caramelo salgado 
Moscatel Roxo Colecção Particular DSF 

DIA 11 DE MARÇO DE 2018
RAMOS PINTO 140 NUANCES DE VINHO DO PORTO
Uma prova inédita e exclusiva a nível Mundial. A prova será realizada em duas partes distintas: 
1ª Parte Ana Rosas (Master Blend) apresenta Port Master Class - The Art of Blending através de uma forma didáctica, irá ensinar aos presentes a Arte de elaborar um "Blend" de 30 Anos com o respectivo material - Provetas, Matrizes (1900, 1909, 1924).. que estarão dentro da malinha dos Blends que será oferecida aos participantes. 
2ª Parte Uma Prova de Vinhos do Porto "Duetos" Branco Seco 1890 / Branco Lágrima 1884 Vintage 1924 / Colheita 1924 Vintage 1952 / Vintage 1982 Vintage Quinta do Bom Retiro 2014 / Vintage 2015 Após a Prova será servido no Alpendre do Palácio, com vista para a Serra de Sintra e para o mar Champagne Louis Roederer Brut Premier 
MENU RAMOS PINTO 
Chef Miguel Silva 
Entrada Lagosta, pêra abacate, rúcula e vinagret de framboesa 
Domaines Ott Clos Mireille Blanc de Blancs 2015
Peixe Garoupa, Topinambur, acelga e molho de ostra 
Duas Quintas Reserva Branco 2016
Carne Magret de Pato, cenoura, cepes, arroz selvagem e chutney de mirtilo 
Duas Quintas Reserva Tinto 2015 
Sobremessa Toucinho-do-céu, amêndoa amarga, frutos silvestres e sorbet de maracujá 
Quinta do Bom Retiro Tawny 20 Anos 

Há quem diga que este é o melhor evento de Vinhos Generosos realizado em Portugal. Eu acredito que este ano até possa ser considerado um dos melhores do mundo tendo em conta o programa que aguarda cada participante.  
________________________________
PORTO EXTRAVAGANZA
Onde: Hotel Palácio de Seteais, Sintra
Quando: 9, 10 e 11 de Março de 2018
Preço Prova: 150€
Preço Prova + Jantar: 200€
Para se inscreverem em cada prova, bastará fazerem uma transferência bancária para o seguinte Nib: Projecto Binho, Actividades Hoteleiras, Lda 0018 0000 4122 2258 0010 5 Enviarem o comprovativo da transferência para o seguinte e mail: bar.do.binho.sintra@gmail.com

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails