quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Bairrada@LX Regressa No Mercado da Ribeira a 10 de Março

Depois do sucesso da 1.ª edição, em 2015, os vinhos da Bairrada – onde se incluem os afamados espumantes, mas também vinhos brancos, rosados, tintos e licorosos – voltam a viajar até à capital para dar a conhecer o seu potencial. 
A 2.ª edição do Bairrada@LX (Lisboa) tem data marcada para Sábado, dia 10 de Março, das 15h00 às 20h00, no Estúdio Time Out, que fica no primeiro andar do Mercado da Ribeira, situado no n.º 49 da Avenida 24 de Julho, em Lisboa. 
A organização do Bairrada@LX está nas mãos da Eira na Beira – empresa da qual faz parte uma bairradina de gema – e conta com o apoio da Comissão Vitivinícola da Bairrada (CVB). Por conhecerem muito bem os dois lados – o dos produtores e o dos enófilos – a aposta desta edição foi num evento com um número restrito de produtores (20), a ter lugar num espaço maior e com excelentes acessos. 
São vinte os projectos vínicos presentes e é fundamental que os visitantes circulem à vontade, possam conversar com os produtores, conhecendo as suas histórias, e provar os seus vinhos sem constrangimentos. 
Enófilos, profissionais do sector e curiosos preparem as vossas agendas, porque há novidades, mas também antiguidades e raridades, para conhecer, degustar e harmonizar com o famoso Leitão à Bairrada e outras iguarias preparadas a preceito pelo restaurante Rei dos Leitões. 
Da lista de produtores presentes estão: Adega de Cantanhede; Ataíde Semedo; Campolargo; Carvalheira Wine Creators; Casa de Saima; Casa do Canto; Caves Messias; Caves do Solar de São Domingos; Caves São João; Filipa Pato; Kompassus; Luís Pato; LusoVini; Quinta das Bágeiras; Quinta de Baixo; Quinta do Ortigão; Rama & Selas; Sidónio de Sousa; Vadio e VPuro. 
A Rota da Bairrada também estará representada no Bairrada@LX. À semelhança da edição anterior, estão previstas, sensivelmente de hora a hora, as chamadas ‘Bairrada Talks’, que se definem como apresentações de cinco a dez minutos, óptimas para quebrar o gelo e dar continuidade a este evento que se quer descontraído. 
Quem quiser comprar os vinhos em prova no Bairrada@LX poderá fazê-lo, mais uma vez, de uma forma cómoda (sem ter que andar carregado), e a preços bastante apelativos. Para o efeito, basta que consulte o catálogo do evento, elegendo e encomendando os que desejar. Ser-lhe-ão entregues em casa uns dias mais tarde. Os preços em questão só são válidos para compras durante o evento.
___________________
BAIRRADA@LX
Data: Sábado, dia 10 de Março, entre as 15h00 e as 20h00
Local: Estúdio Time Out no Mercado da Ribeira
Morada: Avenida 24 de Julho, 49, 1200-479 Lisboa
Site: www.bairradalx.info
Contactos: bairrada.lx@gmail.com
Bilhetes: €10,00 por pessoa Inclui oferta de um copo para a prova, que deverá ser devolvido à saída. Não inclui degustação de iguarias.
Venda de Bilhetes: No dia e local do evento.

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Messias Mostra Novidades de Topo

Tradição, Experiência e História. Criada em 1926 por Messias Baptista é extraordinário que, ainda hoje, a administração da Messias ainda seja assegurada pelos descendentes da família Messias.
Este histórico do panorama vínico português tem produzido e comercializado vinhos das principais regiões demarcadas, tais como, Bairrada, Douro, Dão, Vinho Verde e Vinho do Porto e é reconhecida pela alta qualidade dos seus Espumantes Naturais e Aguardentes.
Apostada, claramente, em marcar posição junto do consumidor com vinhos de elevada qualidade, foram recentemente apresentadas três novidades que vêm cimentar essa missão e querer.
Um espumante, Blanc de Blancs Grande Cuvée feito a partir da casta chardonnay, topo de gama desta casa, marca pontos ao mostrar finura e muita elegância. O branco Messias Clássico de 2012 mostra o primeiro branco com a denominação de Clássico. Um aposta de risco num branco que se deixou envelhecer de propósito e do qual apenas posso dizer: Bendita decisão! Por último, o tinto Triunvirato nº5 (tal como o perfume, mas em melhor). Aqui, a juntam-se em perfeita harmonia, a touriga nacional do Douro, Bairrada e Dão e o Syrah da Bairrada. 25% de cada.
Messias Vigário apresentou-os a todos com as devidas harmonizações preparadas pelo Rubro Avenida. Pelas suas palavras não é difícil perceber que estão a ser dados os passos certo para o futuro da Messias.

MESSIAS GRANDE CUVÉE BLANC DE BLANCS BRUTO ZERO 2011 BRANCO | BAIRRADA | 12% | PVP 17€
CHARDONNAY
SOCIEDADE AGRICOLA COMERCIAL VINHOS MESSIAS, SA
17
Cor amarelo citrino, bolha muito fina e persistente, aromaticamente muito limpo, fino e elegante, alguma fruta de carroço, citrinos, fruta seca, biscoito e panificação. Mousse fina, cremosa e leve na boca, com boa secura, acutilante e fresca, de final longo e claramente a pedir que se leve para a mesa e se lhe junte comida.
Acompanhou as desafiantes e numerosas tapas de entrada como os cogumelos com recheio de vegetais, os panados de queijo chevre com nozes, a courgette no forno recheada com arroz preto e camarão (na foto) e o rosbife com maionese e mostarda. 

MESSIAS CLÁSSICO 2012 BRANCO | BAIRRADA | 12% | PVP 20€
BICAL, CERCEAL
SOCIEDADE AGRICOLA COMERCIAL VINHOS MESSIAS, SA
18
Cor amarelo dourado, aspecto límpido e brilhante. Aroma fruta seca, alguma passa, complexo, notas de cera, fruta amarela de caroço, fresco e elegante. Boca opulenta, sucolenta, cremosa, com uma acidez no ponto, vibrante e vivaz, com muita finura e elegância brutal, onde a fruta aparece bem colocada e termina longo. Consigo esconder que gostei muito deste vinho?.... Não!

TRIUNVIRATO Nº5 TINTO | MESA | 13% | PVP 30€
TOURIGA NACIONAL, SYRAH
SOCIEDADE AGRICOLA COMERCIAL VINHOS MESSIAS, SA
18
Cor rubi intenso, concentrado e opaco, aspecto limpo, jovem e de lágrima generosa. No nariz mostra-se a fruta preta madura, floral bem medido, frescura do bosque, pinheiro, algum terroso, especiaria cuidada, balsâmico e fresco. Cheio de força, robustez e opulência na boca, boa largura e envolvência, toque de seda, harmonioso, equilibrado e a mostrar leveza e frescura. Final de boca longo.
Que bem que se atirou ao chuléton mal passado.

PORTO MESSIAS COLHEITA 1980 | PORTO | 20% | PVP €
TOURIGA NACIONAL, TOURIGA FRANCA, TINTA BARROCA, TINTA RORIZ, TINTO CÃO
SOCIEDADE AGRICOLA COMERCIAL VINHOS MESSIAS, SA
17,5
A terminar o inevitável Porto. O colheita de 1980 mostrou que a Messias é uma casa onde os Porto Colheita têm definitivamente muita qualidade. Com cerca de 37 anos de idade mostrou uma frescura e um momento de forma notável.
Cor âmbar definida, aspecto limpo. Nariz de grande complexidade, fruta passa como o figo seco, e fruto seco como a amêndoa e algum pinhão, notas de mel, melaço, especiaria, muito fresco e elegante. Mostra-se equilibrado e fresco no palato, mais uma vez mostrando-se muito bem para a sua idade, envolvente, untuoso, com um acidez fina que o prolonga na boca e que nos mantém agarrados a ele.

domingo, 25 de fevereiro de 2018

Cistus Reserva 2013 Tinto

CISTUS RESERVA 2013 TINTO | DOURO | 14,5% | PVP 9,99€
TINTA RORIZ, TOURIGA NACIONAL, TOURIGA FRANCA
QUINTA DO VALE DA PERDIZ SOCIEDADE AGRÍCOLA, LDA
16

Acabou de sair para o mercado e segue o mesmo caminho de colheitas anteriores. Um reserva que se faz esperar para sair no momento certo para o vinho, sem pressas e sem pressões.
Cor vermelho intenso, com nuances violetas, do mais escuro ao mais aberto, aspecto novo e limpo. Aromas que sugerem a fruta vermelha e preta madura, floral perfumado e integrado, giesta e especiaria em conjunto fresco. Boca com boa estrutura, complexo, a encher o palato, com fruta em bom plano e conjunto harmonioso e equilibrado. Termina longo, cheio de fruta e frescura.
Daqueles vinhos abaixo dos 10€ que nos dão confiança para beber já e, apesar de contar já uns aninhos, prometer ainda longa vida.

sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Pousada do Freixo | Porto

Mesmo em cima do fim-de-semana e com tempo agradável para um passeio até ao Porto onde este os eventos vínicos dominam os próximos dias, não queria deixar de aconselhar uma estadia no Pestana Palácio do Freixo, também conhecido por Pousada do Porto. Foi uma das minhas últimas passagens por este tipo de alojamento e posso dizer que fiquei fã do mesmo.

A sua majestosa arquitectura cativa-nos desde o primeiro instante, queremos gravar na memória cada recanto, cada pormenor, afinal, estamos num palácio barroco do século XVIII, classificado como Monumento Nacional e que foi meticulosamente restaurado e aberto ao público apenas em 2009.

Quartos amplos, com vistas para o rio, no edifício adjacente da antiga Fábrica de Moagens Harmonia, igualmente restaurado (peçam um quarto que não tenha a chaminé próxima da janela). Jardins convidativos a um passeio e uma piscina panorâmica que, apesar de não a ter usado, não deixa de apetecer mesmo com o tempo mais frio. Um espaço incrível para um fim-de-semana a dois.

A não perder há ainda o SPA, com a devida piscina interior e todo o tipo de tratamento especial que é preciso para nos voltar a colocar a 100% de regresso ao trabalho. Um verdadeiro luxo e muito perto do centro da cidade do Porto pois, se não tiver transporte próprio não se preocupe que o Hotel tem um shuttle que o fará comodamente. Yes!

Já com vontade de regressar deixo uma última nota para o pequeno almoço. Este é um dos momentos mais importantes dos meus dias quando estou fora de casa. Gosto de ter variedade, desde coisas mais simples àquelas que nos fazem quebrar a rotina sem pensar duas vezes. Ao mesmo tempo, gosto de alguma liberdade e informalidade neste momento do dia, mesmo quando sei que estou num alojamento de luxo. Aqui senti-me muito bem.

__________________________________
PESTANA PALÁCIO DO FREIXO
Estrada Nacional 108, 4300-316 CAMPANHÃ - PORTO
Telefone: +351 225 311 000
Reservas Telefone: +351 210 401 714
Reservas Email: guest@pousadas.pt
Web: https://www.pestana.com/pt/hotel/freixo-palace

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Caios 2010 Branco

CAIOS 2010 BRANCO | PENÍNSULA DE SETÚBAL | 14% | PVP  14,90€
ARINTO, ANTÃO VAZ
SOCIEDADE AGRÍCOLA HERDADE DO CEBOLAL, LDA
17

Estes são o tipo de vinhos brancos que de momento me dão mais prazer. Brancos com algum tempo de descanso em garrafa e que bebidos agora não só mostram estar em grande forma, como ainda surpreendem pois demonstram potencial para continuar por mais uns anos.
De cor amarelo definido, leves nuances douradas, a esconder um pouco a idade, aspecto limpo e brilhante. No nariz apresenta um conjunto muito interessante, com elegância, fruta citrina, alguma tropical, com algumas notas perfumadas de flor branca, com a barrica mostrar algumas pontas e com um traço mineral bem marcante.
Boca com bom volume, alguma cremosidade e untuosidade, com uma acidez no ponto, fruta citrina fresca, especiaria fina e com um prolongamento final de boca bem extenso.
Um branco para levar à mesa. O bacalhau não lhe vira as costas.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Hugo Mendes Lisboa 2016 Branco

HUGO MENDES LISBOA 2016 BRANCO | LISBOA | 11% | PVP  15€
ARINTO, FERNÃO PIRES
HUGO MENDES
16,5

Um vinho que deu noticia pela forma como foi lançado e vendido pelo enólogo/produtor Hugo Mendes mostrando não só uma abordagem diferente à distribuição e mercado dos vinhos, como também à forma como vincou o seu cunho particular a um vinho da região de Lisboa.
Provado e bebido em dois momentos diferentes, tanto no tempo como no espaço, e quando já há ameaças da chegada da colheita de 2017, fica a nota do 2016.
Cor amarelo citrino, aberto, de leves nuances esverdeadas, aspecto jovem e limpo. No nariz destacam-se as notas citrinas, limão e uma lima mais exuberante, com leve perfumado floral e envolvente fresca. Na boca mostra volume, ligeira untuosidade, com acidez equilibrada, muito sumarento, os citrinos continuam, fresco, leve, elegante e com bom comprimento final.
Espero por ele daqui a mais uns anos. Mostrará mais.

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Revista Vinho Grandes Escolhas Elege Os Melhores de Portugal

Ontem foi noite de ficar a conhecer os melhores do panorama gastronómico português para a Revista Vinho Grandes Escolhas. Apesar dos apenas 10 meses de vida da Revista, o Pavilhão Carlos Lopes encheu-se para receber em jantar de gala os nomes daqueles que viram o seu trabalho reconhecido.
Mais de 900 pessoas estiveram presentes para a 1.ª edição deste evento organizado pela equipa da revista Vinho Grandes Escolhas
O primeiro momento da noite surgiu quando foi apresentado o TOP 30 Grandes Escolhas. Dos 250 grandes vinhos de todas as regiões provados ao longo de 2017, no âmbito do primeiro ano de vida da Vinho Grandes Escolhas. Confira a lista abaixo por ordem alfabética.

1836 Do Tejo Grande Reserva tinto 2015 Companhia das Lezírias
AdegaMãe Terroir Reg. Lisboa branco 2014 AdegaMãe - Sociedade Agrícola
Anselmo Mendes Parcela Única Vinho Verde Monção e Melgaço Alvarinho branco 2015 Anselmo Mendes Vinhos
Bastardinho de Azeitão Vinho Licoroso 40 anos José Maria da Fonseca Vinhos
Burmester Tordiz Porto 40 Years Old Sogevinus Fine Wines
Esporão Private Selection Alentejo Garrafeira tinto 2012 Esporão
Graham’s The Stone Terraces Porto Vintage 2015 Symington Family Estates
Grandjó Reg. Duriense Late Harvest branco 2013 Real Companhia Velha
Herdade do Rocim Clay Aged Alentejo tinto 2015 Rocim
Júlio B. Bastos Reg. Alentejano Alicante Bouschet Grande Reserva tinto 2014 Júlio Bastos
Kompassus Private Colection Bairrada branco 2014 Kompassus Vinhos
Messias Porto Colheita 1967 Soc. Agr. Com. Vinhos Messias
Mouchão tonel 3-4 Alentejo tinto 2011 Vinhos da Cavaca Dourada
Murganheira Távora-Varosa Espumante Chardonnay branco 2008 Soc. Agr. Com. do Varosa
Palácio da Bacalhôa Reg. Península de Setúbal tinto 2014 Bacalhôa Vinhos de Portugal
Passadouro Douro Touriga Nacional tinto 2014 Quinta do Passadouro Sociedade Agrícola
Pêra-Manca Alentejo tinto 2013 Fundação Eugénio de Almeida
Poeira 44 barricas Douro tinto 2014 Jorge Nobre Moreira
Quinta da Boavista Vinha do Ujo Douro tinto 2014 Lima & Smith
Quinta da Leda Douro tinto 2015 Sogrape Vinhos
Quinta da Pellada Primus Dão branco 2015 Quinta da Pellada - Álvaro Castro
Quinta das Bágeiras Pai Abel Bairrada tinto 2011 Mário Sérgio Alves Nuno
Quinta do Monte Xisto Douro tinto 2015 João Nicolau de Almeida & Filhos
Quinta dos Carvalhais Branco Especial Dão branco Sogrape Vinhos
Quinta dos Termos Talhão da Serra Beira Interior Rufete tinto 2014 Quinta dos Termos
Quinta Nova Nossa Senhora do Carmo Douro Grande Reserva tinto 2015 Quinta Nova Nossa Senhora do Carmo
Sidónio de Sousa Bairrada Garrafeira tinto 2011 Dulcinea dos Santos Ferreira
Teixuga Dão branco 2013 Caminhos Cruzados
Varanda da Serra Dão branco 2014 Ares do Dão-Lusovini
Vértice Douro Espumante Gouveio branco 2008 Caves Transmontanas

Seguiu-se, posteriormente, ao anúncio dos vencedores das restantes categorias que terminou com aquele que acabou por ser o grande momento da noite.
O prémio carreira Senhor do Vinho foi atribuído a Salvador Guedes. Com toda a sala de pé foi bonito e ao mesmo tempo arrepiante ouvir o bater de palmas que se prolongou por alguns minutos em homenagem a esta figura reconhecida no mundo do vinho. Um verdadeiro Senhor do Vinho lançou a Sogrape em voos crescentes rumo à escala mundial e que, deste modo, conquistou projecção em países de referência no universo vinícola. Foi assim que, em 30 anos, Salvador Guedes revolucionou a maior empresa vinícola do país. 

PRODUTOR REVELAÇÃO: A&D WINES
PRODUTOR: ROCIM
ADEGA COOPERATIVA: ADEGA COOPERATIVA DE FAVAIOS
EMPRESA: CASA SANTOS LIMA
EMPRESA VINHOS GENEROSOS: CAVES MESSIAS
SINGULARIDADE: MÁRIO SÉRGIO ALVES NUNO
ENÓLOGO: PAULO NUNES
ENÓLOGO VINHOS GENEROSOS: ANA ROSAS
VITICULTURA: ESPORÃO
ORGANIZAÇÃO VITIVINÍCOLA: CVR BEIRA INTERIOR
ENOTURISMO: BACALHÔA VINHOS DE PORTUGAL
GARRAFEIRA: EMPOR SPIRITS & WINE
LOJA GOURMET: MANTEIGARIA SILVA
WINE BAR: BAR DO BINHO
RESTAURANTE: FERRUGEM
RESTAURANTE COZINHA TRADICIONAL: MERCEARIA GADANHA
SOMMELIER: TERESA GOMES
PRÉMIO DAVID LOPES RAMOS: EDGARDO PACHECO
SENHOR DO VINHO: SALVADOR GUEDES
CAMPANHA PUBLICITÁRIA: MURGANHEIRA

Muitos Parabéns a todos!

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Simplesmente... Vinho 2018

Mês de Fevereiro é mês de Simplesmente... Vinho. Esta edição decorrerá novamente no Cais Novo, que Nuno Pinto Leite pretende tornar num novo espaço de referência do Porto, por cima do Museu do Vinho do Porto (a seguir à Alfândega) e contará com a presença de 100 + 1 vignerons, portugueses, espanhóis + 1 francês. Umas centenas de vinhos, brancos, laranjas, palhetes, rosés, tintos, secos e doces, novos e velhos, conhecidos e novidades, vinhos que querem simplesmente... ser só vinho.
Vinho bebido. Vinho sentido. Vinho partilhado.
Além dos vinhos, existirão petiscos de três restaurantes: Delicatum - Joana Vieira e André Antunes (Braga); DOP - Rui Paula; Forneria de S. Pedro e Carvão - Filipe Miguel Morais; a já habitual exposição de Arte do simplesmente... Vinho está este ano sob curadoria de Nuno Pinto Leite, da galeria Ela Vai Nua e constitui mais uma razão para ir ao Cais Novo, que assim se transforma numa enorme Galeria, com obras de Diogo Muñoz, Isabel de Andrade, Paulo Rammunni, Rosarinho Cruz, Susanan Bravo e Tim Madeira.
Exposição e Venda de Arte a dinamizar e energizar os vinhos e petiscos! pssst, já dissemos que gostamos de biodinâmica? Na música, para terminar cada um dos dois dias simplesmente... em festa, estarão presentes as bandas portuenses Orquestra Fina (sexta-feira 23) e 7, a nova banda de André Indiana em estreia mundial! (sábado 24).
2017 foi um ano trágico para o mundo rural: famílias, empresas, autarquias, regiões inteiras, sentiram (e sentem ainda) dor, percas, retrocessos, dificuldades acrescidas. Não podíamos ficar indiferentes e nesse sentido a Casa de Mouraz (um dos vignerons portugueses mais afetado pelo fogo com destruição de vinha, alfaias agrícolas, armazém e vinhos engarrafados), de forma simbólica, é o convidado de honra desta sexta edição. Também nos associámos à Quercus - Associação Nacional de Conservação do Ambiente e esta levará a cabo várias ações de sensibilização e prevenção ao longo dos dois dias.
Por último mas não menos importante, ou como se diz na America: last but not the least, (ou será que aqui devíamos usar o clichê da "cereja no topo do bolo"?) um jantar pop-up no mais recente restaurante de Luís Américo, o Typographia Progresso (Rua do Dr. Sousa Viterbo 91) sexta 23 às 22h30 Reservas através do número 22 099 7846 (€ 50/pessoa)), que combina as diferentes inspirações do chef com vinhos simplesmente...autênticos, e comentários dos respetivos vignerons. Reservas através do número 22 099 7846 (€ 50/pessoa).
_______________________________________________
SIMPLESMENTE... VINHO 2018
Onde? Cais Novo, Rua de Monchique 120 - PORTO
Quando? sexta 23 e sábado 24 de Fevereiro, 16:00-21:30h
Como? Autocarro 500 | Elétrico 1
Custa? 18€/dia com direito a catálogo e copo oficial, prova de vinhos, degustação de petiscos, exposição de arte, concerto de música e planta para levar e replantar.

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Incomum By Luís Santos - Sintra

Nem sempre um almoço durante a semana, entre uma manhã cheia de trabalho e uma tarde em que apetece menos do que a manhã, se pode rapidamente almoçar pela Vila de Sintra com esta satisfação.
O menu de almoço executivo do Incomum by Luís Santos é, actualmente, uma das opções mais acertadas para dar ao dente de uma forma rápida, com um serviço de excelência, pratos bem construídos e com um preço acessível.

Sopa ou Salada, Prato de Carne ou Peixe, Sobremesa, Bebida (com vinho a copo) e entre o fazer do pedido e a chegada do primeiro momento vamos entretendo o palato com umas azeitonas bem curadas e um azeite onde molhamos os diversos tipos de pão que nos ficam na mesa.

Dois pratos de carne e dois de peixe à escolha e as sobremesas também com hipótese de escolha. Conselho de amigo. Marquem mesa pois o espaço não é muito grande e estes almoços já não são nenhum segredo.

 Agora só tenho de experimentar o serviço à carta. Uma destas noites e depois conto como foi.
___________________________________________
RESTAURANTE INCOMUM BY LUÍS SANTOS
Tipo de Cozinha: Portuguesa com Assinatura
Copos de Vinho Adequados: Sim
Horário: Das 12:00H às 24:00H Segunda a Domingo Excepto Sábado apenas das 16:30H às 24:00H
Estacionamento: Complicado, mas com Parques Pagos próximos
Preço Médio Refeição ao Almoço: 11€

Morada: Rua Drº Alfredo da Costa, Nº 22,  2710-523 SINTRA
Telefone: +351 219 243 719 ou +351 926 349 385
Na Net: Facebook e Incomum By Luís Santos

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Ribeiro Santo Pinha 2016 Branco

RIBEIRO SANTO PINHA 2016 BRANCO | DÃO | 12,5% | PVP  2,99€
ENCRUZADO, MALVASIA FINA, BICAL
MAGNUM CARLOS LUCAS VINHOS, LDA
14,5

O entrada de gama da Ribeiro Santo é, sem dúvida, uma boa opção de branco para o dia-a-dia. Para além de acessível no preço, não deixa de causar boa impressão principalmente pela sua frescura sumarente e boa acidez.
Cor amarelo citrino, aberto, jovem e limpo. Aromas com boa intensidade a fruto tropical, algum citrino, toranja, tangerina, directo e fresco. Boa acidez de boca, conjunto equilibrado, fruta sumarenta, final de boca de média duração.

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

QM Nature Alvarinho 2016 Branco

QM NATURE ALVARINHO 2016 BRANCO | VINHOS VERDES | 12,5% | PVP  15,90€
ALVARINHO
QUINTAS DE MELGAÇO AGRICULTURA E TURISMO, SA
17

A casta Alvarinho na vertente de produção mais natural à qual as Quintas de Melgaço denominaram de Nature e que pretende mostrar a casta Alvarinho num plano mais cru e natural.
Cor amarelo citrino, nuances esverdeadas, aspecto límpido e brilhante. No nariz sobressai a fruta, com elementos citrinos, fruta de polpa branca, algum fruto exótico, temperada com notas de rio, a correr com força, a rolar pedra na margem, com leve tisana e de muita frescura.
Na boca causa primeiro impacto pela sua tensão e nervo, de acidez acutilante, a fazer salivar, com a fruta citrina a fazer a sua marca, final de boca longo e cheio de força.
Está para durar uns bons anos.

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Anselmo Mendes Contacto Alvarinho 2016 Branco

ANSELMO MENDES CONTACTO ALVARIINHO 2016 BRANCO | VINHOS VERDES | 13% | PVP  9€
ALVARINHO
ANSELMO MENDES VINHOS, LDA
17

Ficou esta garrafa para aqui meio perdida no meio das outras garrafas. Quando a vi fiquei com aquela curiosidade de puto quando tem um brinquedo novo e rapidamente a coloquei no frio para o quanto antes a beber. Maravilha. Em excelente momento de forma. Penso até estar melhor do que quando saiu para o mercado.
Visualmente mantém as tonalidade de amarelo citrino e de aspecto jovem . No nariz aromas a fruta citrina e tropical bem medidos entre eles, carga mineral bem vincada, pedra molhada, a ganhar complexidade e a manter a frescura. Na boca um alvarinho com volume e alguma untuosidade, complexidade, acidez marcada, fruta citrina, ligeiro amargor num final longo.
Cataplana de peixe com ele.

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Joaquim Arnaud Espumante Bruto 2014 Branco

JOAQUIM ARNAUD ESPUMANTE BRUTO 2014 BRANCO | BAIRRADA | 12,5% | PVP  14€
CHARDONNAY, ARINTO
SOCIEDADE DOS VINHOS IRMÃOS UNIDOS, LDA
16,5

A homenagem de Joaquim Arnaud aos seus antepassados ingleses que em tempos idos viveram por terras de Coimbra ganhou forma num espumante bairradino nascido em berço de ouro, numa casa com tradição neste tipo de vinho como são as Caves de São João.
Versátil, mostra potencial para ir à mesa no inicio de refeição ou até mesmo à sobremesa com um Pão de Ló de Ovar bem húmido.
Cor amarelo citrino, bolha fina, persistente, com aromas de marmelo, maça reineta e alguma panificação e fruto seco. Boca com espuma leve, sem traçar a gengiva, um leve adocicado, num perfil muito leve e fresco.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Parceiros Na Criação Aumenta a Família Com Casa da Esteira

O produtor de vinhos da região duriense Parceiros Na Criação (PNC) apresenta uma nova marca de vinhos que dará vida a três referências no mercado. Os Casa da Esteira serão berço para um reserva branco, um reserva tinto e um touriga nacional. 
Este continua a ser um projecto de cariz familiar no qual, de uma forma ou de outra, todos são peça importante. Mostrados em ante-estreia no último Adegga WineMarket, dia em que António, filho do casal Joana Pratas e João Nápoles, fez 3 aninhos, o natural foi eleger a data do 5º aniversário da Teresinha, a filha dos mesmos, para o lançamento oficial dos dois primeiros Casa da Esteira que agora chegam ao mercado. 
O nome Casa da Esteira vem também ele cheio de sentido familiar pois é por esse nome que é conhecida a casa da família na Quinta de Montravesso no Douro. Uma casa cujas portas são protegidas do sol por esteiras, que fazem um barulho incómodo com o soprar do vento, mas que por lá ficarão mais uns tempos. 
Erguida por entre vinhas e vales, a poucos quilómetros da aldeia de Barcos, no concelho de Tabuaço, em pleno Douro vinhateiro e que representa bem mais do que uma morada física, bem mais do que apenas uma construção, a Casa simboliza a união de quatro elementos: o João Nápoles, a Joana Pratas e os seus filhos, a Teresinha e o António que estiveram presentes para a apresentação dos novos vinhos sob o lema "Chegou a hora de partilhar o que é nosso... O nosso que queremos que seja vosso!”.

CASA DA ESTEIRA RESERVA 2014 TINTO | DOURO | 14% | PVP 17€ 
VINHA VELHAS 
PARCEIROS NA CRIAÇÃO, LDA 
17 
Cor vermelho concentrado, núcleo mais fechado, nuances mais abertas e bonitas no bordo, aspecto limpo e jovem. Aromaticamente sobressai a fruta, preta silvestre, bem envolvida em notas de leves tostados, toque balsâmico, muita frescura. Na boca mostra volume e corpo, cremosidade envolvente, acidez no ponto, elegante, com a fruta vermelha num patamar muito fresco e equilibrado, mais polido e com final de boca longo. 

CASA DA ESTEIRA TOURIGA NACIONAL 2015 TINTO | DOURO | 13,5% | PVP 17€ 
TOURIGA NACIONAL 
PARCEIROS NA CRIAÇÃO, LDA 
17
Cor vermelho granada, concentrado, de violetas bem escuros, aspecto limpo. No nariz mostra elegância e uma fruta vermelha muito bonita, cereja madura, perfume floral, violetas, notas de barrica muito bem casadas, complexo e com frescura saliente. Corpulento, enche o palato, toque com cremosidade, com tanino presente, mas não de forma rude, com a fruta vermelha e preta sumarenta, fresca e elegante, acidez equilibrada, complexo, com final de boca longo.
Chegados os dias mais quentes de verão terá de fazer parte daquelas almoçadas familiares. Um touriga muito elegante e fresco.

H'OUR 2012 TINTO | DOURO | 14% | PVP 9,90€ 
VINHAS VELHAS, TOURIGA NACIONAL, SOUSÃO 
PNC PARCEIROS NA CRIAÇÃO - UNIPESSOAL, LDA 
16
Feito a partir de uvas provenientes de vinha velha (cerca de 80%) e de vinha nova onde o tempero chega da touriga nacional e sousão mostra um vinho com algum potencial de envelhecimento, revelando estar num bom momento de forma.
Cor rubi intenso, violetas escuros, aspecto jovem e limpo. No nariz com predominância da fruta vermelha e preta madura, cereja, ameixa, barrica bem ligada, ligeiro tostado, pimenta fina, giesta, perfil fresco. Boca com boa acidez, secura de boca, fruta vermelha fresca, equilibrado, com textura e persistência final.
Cheira e sabe a Douro e é para levar à mesa.

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Adegamãe Pinot Noir 2015 Tinto

ADEGAMÃE PINOT NOIR 2015 TINTO | LISBOA | 13,5% | PVP  9€
PINOT NOIR
ADEGAMÃE SOCIEDADE AGRÍCOLA, LDA
16,5

Cor rubi aberto, pouca concentração, aspecto limpo. No nariz aromas de fruta vermelha madura, muito elegante e fresco, notas balsâmicas, alguma caixa de tabaco, caruma e terroso. Na boca mostra raça, acidez acutilante, fruta madura, algum vegetal e especiado, sequinho, equilibrado, fresco e com final de boca longo.
Será engraçado encontrá-lo daqui a mais alguns anos.

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Quinta das Bágeiras Garrafeira 2011 Branco

QUINTA DAS BÁGEIRAS GARRAFEIRA 2011 BRANCO | BAIRRADA | 14% | PVP  16€
MARIA GOMES, BICAL
MÁRIO SÉRGIO ALVES NUNO
17

Chegar a 2018, beber um vinho branco de 2011 e de imediato pensar que o dito está extremamente novo e a precisar de mais um tempinho de descanso na garrafa não é para todos. Os Garrafeira das Bágeiras são assim. Para guardar quando saem e para serem bebidas com o passar dos anos, longos anos.
Cor amarelo citrino, definido, ainda algumas nuances esverdeadas, aspecto jovem, límpido e brilhante. Aromas de fruta amarela madura e citrinos, toranja e tangerina, notando-se a barrica, presente mas encorporada, envolvente e fresco. Na boca mostra raça e juventude, vivaz, acidez a secar o palato,  fruta citrina, toranja, laranja amarga, equilibrado, com volume e untuosidade, corpo e largura.  Final de boca longo.

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Coppola Rosso & Bianco Shiraz 2013 Tinto

COPPOLA ROSSO & BIANCO SHIRAZ 2013 TINTO | CALIFORNIA | 13,5% | PVP  10€
SHIRAZ
FRANCIS FORD COPPOLA WINERY, GEYSERVILLE & OAKVILLE, CA
16

A curiosidade maior, de inicio, está no facto de ser um vinho do conhecido realizador de filmes como Apocalipse Now ou O Padrinho mas, este vinho nascido na maior e mais importante região vínica dos Estados Unidos da América trás também outra particularidade. O facto de ser feito a partir da casta Shiraz que, apesar de parente próxima da casta Syrah, é diferente o suficiente para não ser considerado como  esta última. Algo para cá voltar mais tarde.
Cor rubi intenso, mais aberto e bonito no bordo do copo, aspecto limpo e novo. Grande intensidade aromática, muita fruta vermelha e preta compotada, amoras, cereja preta, cacau, sensação doce e envolvente. Boca com acidez equilibrada, boa estrutura, alguma cremosidade, muito polido e redondinho, fruta vermelha madura, equilibrado e de final longo.

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Tendências | Para Guardar ou Para Beber já?

Ao comprar vinho alguma vez coloca também em ponderação comprar para guardar e beber apenas uns anos mais tarde ou compra sempre para consumo a curto prazo? Temos cada vez mais opções de vinhos com longevidade comprovada e as condições de guarda estão cada vez mais acessíveis a todos. Para além, disso passamos cada vez mais tempo por esta vida logo, a guarda também pode ter a sua importância para o verdadeiro enófilo.
Vamos a mais uma publicação no site Enólogo Chef Continente?
"(...)No vinho também assistimos, cada vez mais, ao regresso da garrafeira caseira. Houve um tempo em que era normal haver uma adega caseira onde se iam colocando vinhos e onde onde acabavam esquecidos para mais tarde os beber e perceber o bem que lhe havia feito ter ficado a dormitar por alguns anos. (...)" continuar a ler aqui.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails