segunda-feira, 23 de abril de 2018

Encosta do Sobral | Tradição e Futuro

No concelho de Tomar, onde a história e a tradição continuam a marcar a paisagem e o dia-a-dia da região, encontramos um produtor de vinho familiar que, apesar de há várias gerações se dedicar à cultura da vinha e do vinho tem vindo, ao longo dos anos, a proceder a uma reestruturação dos seus vinhedos e do perfil dos vinhos que de lá saem. 

Com uma infra-estrutura recente, alicerçada numa nova adega equipada com a mais recente tecnologia e situada na povoação do Outeiro a 8 Km de Tomar, Pedro Sereno e a sua equipa, está agora a tirar partido de um terroir de eleição situado nas encostas soalheiras pertencentes às Freguesias da Serra e Junceira. Exposição solar intensa, associada a fenómenos de reflexão provocados pelos terrenos xistosos, permitem elevadas concentrações, dando origem a vinhos cheios, ricos e com carácter, vocacionada para baixas produções, mas de elevada qualidade. 

As castas tradicionais da região convivem com algumas das castas internacionais mais conhecidas e que aqui também mostram todo o seu potencial. Para a produção de vinhos brancos, estão plantadas a Fernão Pires, Arinto, Malvasia Fina e Chardonnay. Para tintos as castas nacionais Aragonez, Camarate, Castelão, Touriga Franca, Touriga Nacional, Trincadeira Preta e as castas internacionais Cabernet Sauvignon, Syrah e Merlot fazem parte da lista.
Um produtor com bases familiares, com tradição, mas com uma visão para o futuro.

ENCOSTA DO SOBRAL CHARDONNAY 2016 BRANCO | TEJO | 13% | PVP 8,90€
CHARDONNAY 
ENCOSTA DO SOBRAL SOCIEDADE AGRÍCOLA, SA 
16
Cor amarelo citrino, nuances esverdeadas, aspecto jovem e limpo. Aromas cítricos, bastante elegante, sem exuberâncias chatas, com toque tropical bem medido e envolvente fresca. Boca expressiva, sequinho, acidez acutilante e fruta verde bem colocada. Final de boca longo. 

ENCOSTA DO SOBRAL RESERVA 2016 BRANCO | TEJO | 12,5% | PVP 8,90€ 
CÓDEGA DO LARINHO, RABIGATO, VIOSINHO, GOUVEIO 
ENCOSTA DO SOBRAL SOCIEDADE AGRÍCOLA, SA 
16,5
Cor amarelo citrino, aspecto jovem, limpo. Nariz elegante, com notas citrinas e algum tropical maduro, traço mineral evidente e com leve baunilha a compor. Boca com volume e boa untuosidade, boa largura com acidez nivelada, fruta citrina fresca, barrica integrada, envolvente e final longo e elegante. Belo branco. 

ENCOSTA DO SOBRAL TOURIGA NACIONAL 2015 TINTO | TEJO | 14% | PVP 8,90€ 
TOURIGA NACIONAL 
ENCOSTA DO SOBRAL SOCIEDADE AGRÍCOLA, SA 
16,5
Cor vermelho intenso, aberto no bordo, violetas bonitos, aspecto jovem e límpido. Aroma muito fresco, touriga muito limpa, com a fruta vermelha fresca, floral ajustado, ligeiro traço pedregoso, mineral e fresco. Boca com uma leveza e frescura que surpreende, bom corpo e acidez, fruta no ponto, muito equilibrado, a fazer esquecer os 15% indicados no contra-rótulo e com final de boca longo. 

ENCOSTA DO SOBRAL SYRAH 2015 TINTO | TEJO | 15,5% | PVP 8,90€ 
SYRAH 
ENCOSTA DO SOBRAL SOCIEDADE AGRÍCOLA, SA 
16
Cor rubi intenso, media concentração, aspecto limpo. Aromas intensos a fruta vermelha e preta madura, mais concentrado, especiaria fina, balsâmico, envolvente fresca. Boca com pujança, com estrutura, volume, talvez um pouco brusco, com tanino maduro, com amplitude e de final longo e persistente.

domingo, 22 de abril de 2018

Cortes de Cima Syrah 2014 Tinto

CORTES DE CIMA SYRAH 2014 TINTO | ALENTEJO | 13,5% | PVP  12,60€
SYRAH
CORTES DE CIMA
16,5

O primeiro Syrah plantado no Alentejo foi da Cortes de Cima. Em 1988, um casal americano-dinamarquês partiu num veleiro para encontrar um lugar onde constituir uma família e plantar uma vinha. Chegaram ao Alentejo, e numa terra de castas brancas plantaram variedades tintas. O Syrah foi plantado em 1991.
Cor vermelho rubi intenso e concentrado, aspecto jovem e limpo. No nariz sobressaem as notas de frutos vermelhos e pretos maduros, ameixas preta, amora silvestre, algum cassis e mirtilo, bem ladeado por ligeiros tostados, toque de cacau e fina especiaria. Na boca mostra-se envolvente, tanino macio, com a fruta vermelha e preta a mostrar-se num plano muito definido e equilibrado com o conjunto, com subil tosta e especiaria e final de boca longo e persistente.
Pronto a beber e a levar para a mesa.

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Enóphilo Wine Fest Lisboa 2018 | Vencedores do Passatempo

E os vencedores do Passatempo Enóphilo Wine Fest encontrados via sorteio no random.org são:

4 - Carlos Alfeirão;
8 - Bruno Dias;
9 - Hugo Paiva

Basta indicarem o vosso nome na recepção do evento. Não se esqueçam. É uma entrada dupla. Por isso levem companhia!

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Rascunho By Quinta de Santiago 2015 Branco

RASCUNHO BY QUINTA DE SANTIAGO 2015 BRANCO | VINHO VERDE | 13,5% | PVP  24,50€
ALVARINHO
NENUFAR REAL SOCIEDADE AGRÍCOLA, LDA
17,5

Este é um vinho que de Rascunho apenas tem o nome. Apresenta-se com vestimenta original, papel kraft de embrulho e laçarote de guita ao pescoço. Parece querer nos fintar com esta veste simples e com nome a condizer. Puro engano. Está um grande branco, um grande Alvarinho. Intervenção mínima na vinha, fermentação total por leveduras indígenas em balseiro de carvalho francês durante dois meses e estágio sobre borras totais com batonage constante por nove meses. O resultado?
Cor amarelo citrino, esverdeados leves, aspecto jovem e brilhante. Mostra nariz perfumado, com notas citrinas a exóticas em harmonia com notas de flor branca, pedra partida, muito ligeiro amanteigado, complexo e com grande frescura.
Na boca revela em primeiro plano uma acidez marcada, a secar o palato, parece mais domada do que aparenta. Vai em crescendo desde que se começa a beber. Com boa estrutura e largura num perfil com muita fruta e muita frescura.
Será de bom tom encontrá-lo por aí no futuro. Sei que será uma Alvarinho de guarda, de boa guarda e de juntar à mesa.

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Bairrada | Baga, História, Tradição e Futuro

A Comissão Vitivinícola da Bairrada (CVB), na pessoa do seu presidente, Pedro Soares, apresentou recentemente algumas novidades da região que representa e fez um balanço do que foi feito até ao presente projectando uma clara aposta no futuro da região Bairrada.
No restaurante Taberna Fina, do chefe André Magalhães foram dados a conhecer os novos espumantes Baga-Bairrada da Casa do Canto, Quinta do Ortigão e da Casa Agrícola António Santos Lopes (provamos os dois primeiros); os novos Bairrada Clássicos, um branco e um tinto, o primeiro da Messias e o segundo da Aliança e o que mudou, o que tem vindo a ser feito e o que se pretende para o futuro, em termos vínicos e de promoção nesta região.
Continuar a apostar no crescimento, em valor e em volume, do número de garrafas produzidas com o selo Bairrada quer no mercado nacional, quer no mercado além fronteiras. Reforçar ainda mais a marca Baga-Bairrada nos espumantes e promover e incentivar o enriquecimento da categoria Bairrada Clássico.
O futuro parece sorrir  pelo que há que erguer bem alto a "tacinha" de espumante pois lá diz o velho ditado popular na região "De manhã termas da Curia, à tarde espumantes na Anadia."

ESPUMANTE CASA DO CANTO BRUTO 2015 BRANCO | BAIRRADA | 12% | PVP 7,70€
BAGA
ANADIAGRO, LDA
16
Cor levemente adamado, ligeiros rosados, bolha fina e persistente, aromas de fruta vermelha, framboesas em destaque, algum floral, muito delicado e elegante. Na boca espuma leve e crocante, acidez equilibrada e numa boa relação com a doçura do mesmo, notas de fruta vermelha, final longo.

MESSIAS CLÁSSICO 2012 BRANCO | BAIRRADA | 12% | PVP 20€
BICAL, CERCEAL
SOCIEDADE AGRICOLA COMERCIAL VINHOS MESSIAS, SA
18
Cor amarelo dourado, aspecto límpido e brilhante. Aroma fruta seca, alguma passa, complexo, notas de cera, fruta amarela de caroço, fresco e elegante. Boca opulenta, sucolenta, cremosa, com uma acidez no ponto, vibrante e vivaz, com muita finura e elegância brutal, onde a fruta aparece bem colocada e termina longo.

KOMPASSUS RESERVA 2016 BRANCO | BAIRRADA | 12,5% | PVP 12,49€
ARINTO, BICAL
KOMPASSUS VINHOS, LDA
16,5
Cor amarelo citrino, nuances esverdeadas, aspecto jovem e brilhante. Aromas intenso, fruta citrina e de caroço, elevada carga mineral, salino, pedra partida, muito fresco, Boca expressiva, acidez moderada e equilibrada, fruta citrina, maça verde, com corpo e boa untuosidade, final de boca longo e pleno de finura.

ALIANÇA BAGA CLÁSSICO BY QUINTA DA DÔNA 2011 TINTO | BAIRRADA | 13,5% | PVP 17€
BAGA
ALIANÇA - VINHOS DE PORTUGAL, SA
17,5
Cor rubi de média concentração, aberto no bordo do copo, aspecto limpo e jovem. No nariz a fruta vermelha, preta e azul mostra fina e elegante, nota de barrica bem ligada e envolvente, chocolate preto, folha de tabaco e fumados num perfil fresco. Boca com estrutura, garra, com tanino presente, macio, untuosidade, fruta vermelha e preta bem fresca e bem posicionada, complexo, longo no final.

MARQUÊS DE MARIALVA GRANDE RESERVA TINTO 2011 TINTO | BAIRRADA | 14,5% | PVP €
BAGA, TOURIGA NACIONAL
ADEGA COOPERATIVA DE CANTANHEDE, CRL
17
Cor rubi intenso, de média concentração, mas mais intenso, com violetas definidos, aspecto limpo e novo. No nariz a fruta vermelha e preta madura, com a barrica ainda a precisar de tempo, embora a caminho da ligação, algum toffee e cacau, saco de chá preto, fresco. Boca com estrutura, acidez seca, muito boa secura, fruta madura fresca, bem composta, com balsâmico fino e fresco. Final de boca longo e musculado.

ESPUMANTE ORTIGÃO BLANC DE NOIRS 2015 BRANCO | BAIRRADA | 12,5% | PVP 7€
BAGA
QUINTA DO ORTIGÃO SOCIEDADE AGRO-TURÍSTICA, LDA
15,5
Cor amarelo bastante aberto, muito leve acobreado, salmão muito clarinho, bolha fina, persistente, com aromas elegantes de fruta vermelha, flor branca, ligeiro adocicado. Espuma fresca, leve e cremosa, com algum doce a sobressair e com boa amplitude.

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Enóphilo Wine Fest Lisboa 2018 | Passatempo

O Wine Fest do Luís Gradíssimo vai já para a sua quarta edição. Sob o novo nome Enóphilo Wine Fest será no próximo dia 21 de abril que, a partir das 15 horas, no Salão Nobre do Hotel Ritz Four Seasons, em Lisboa poderá desfrutar de um evento destinado a quem gosta de vinho.
O Enóphilo Wine Fest reúne um alargado número de expositores, distinguindo‐se pela elevada oferta qualitativa, num verdadeiro tributo aos vinhos de Portugal e pretende afirmar a qualidade dos vinhos portugueses e surpreender os apreciadores mais exigentes.
Luís Gradíssimo escolheu criteriosamente os produtores presentes no Enóphilo Wine Fest Lisboa 2018 e garante “que será uma experiência vínica alargada e abrangente, por entre as mais de 200 referências de vinhos de Portugal continental e ilhas”. 
O evento vínico que vai ter em prova vinhos tranquilos, espumantes e fortificados, estando já confirmadas as presenças de 47 produtores de norte a sul de Portugal, sem esquecer Madeira e Açores. 
Da região dos Vinhos Verdes estarão presentes as empresas Lima Smith; Vinho Verde Young Projects (Vale dos Ares, Quinta de Santiago, 100 Igual e Cazas Novas); Quinta do Regueiro; Quinta do Ferro e Quinta do Outeiro. 
De Trás‐os‐Montes serão dois os produtores: Casal Faria e Vinhos Romano Cunha. Também a norte, vindos do Douro, e muito aguardados estão a Quinta da Rede; Esmero; Vinilourenço; Luís Seabra; Somnium; Maçanita Irmãos e Enólogos; Dalva & Quinta de Ventozelo (Douro e Vinhos do Porto) e Blackett (Vinhos do Porto).
A região de Távora‐ Varosa marca presença com o produtor Hehn & Meireles. Depois segue‐se a Bairrada com Quinta das Bágeiras, Casa de Saima, Quinta dos Abibes; o Dão com Casa da Passarella; Quinta da Fata; Quinta de Lemos; Quinta do Mondego (Munda); e a Beira Interior com Quinta do Cardo.
A região Tejo assinala duas presenças com a Casa Cadaval e Pinhal da Torre; seguida de Lisboa com a Quinta do Rol, a Quinta de Pancas, Infinitude, Quinta do Lagar Novo e Casal St.ª Maria. António Saramago, um dos mais aclamados enólogos e produtores de Portugal, também confirmou presença, levando os seus vinhos tranquilos e Moscatel de Setúbal, também da Península de Setúbal a Quinta do Piloto e a Herdade do Cebolal, prometem fazer as delícias dos “provadores”.
E ainda, poderão ser provados vinhos nascidos mais a sul de Portugal, no Alentejo: Nunes Barata, Vinha das Virtudes, Lima Mayer & Companhia, Herdade do Arrepiado Velho, Fita Preta e Joaquim Arnaud (que também levará os seus vinhos Lisboa, Bairrada e Moscatel de Setúbal).
Do Atlântico, ninguém deixará de querer provar os vinhos Barbeito, da Madeira; os vinhos Czar e os vinhos da Azores Wine Company, dos Açores.

Para abrilhantar o programa, vão realizar‐se três Provas Especiais no Enóphilo Wine Fest Lisboa 2018. Será uma oportunidade única de provar vinhos e espumantes verdadeiramente fabulosos

15h30 TAWNYS BLACKETT: DA PIPA AO COPO! É absolutamente imperdível conhecer estes Blackett Vinhos do Porto Tawny e prová‐los no estado mais puro, sem filtragem ou estabilização, apenas moldados pelo tempo. Uma rara oportunidade de perceber como é um Tawny antes da sua lotação.

17h00 MIGRAÇÃO DE ABIBES Prova vertical de todos os tintos Reserva Quinta dos Abibes, passando pelas colheitas 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012 e 2013, conduzida pelo próprio produtor, Francisco Batel Marques. Uma viagem sensorial pelo trabalho desenvolvido ao longo desta última década, com antevisão do que será o futuro desta casa, que já é uma referência na região da Bairrada.

18h30 ESPUMANTES À BEIRA MAR NASCIDOS: UMA DÉCADA DE QUINTA DO ROL. Para verdadeiros apaixonados por espumantes, estarão em prova vertical todos os Blanc de Blancs produzidos na última década na Quinta do Rol, da região de Lisboa. Exclusivamente elaborados a partir da casta Chardonnay, com influência Atlântica e produzidos através do método tradicional, prometem deslumbrar em prova, com as colheitas 2008, 2009, 2010, 2011, 2013, 2015 e 2016. Uma excelente oportunidade para perceber não só as diferenças entre os vários anos de colheita, mas também o impacto do tempo de estágio no perfil de um espumante.

Os bilhetes já estão disponíveis on‐line e na rede de aderentes TicketLine, locais habituais como as Fnacs ou Wortens a nível nacional.
O bilhete de acesso ao evento tem um valor de 10€ em pré‐venda, sendo que no próprio dia custará 15 euros.
As três ‘Provas Especiais’ tem lugares limitados e convém assegurar lugar rapidamente, o acesso a cada uma das provas custa 25€, valor que já inclui a entrada no evento.
Os verdadeiros apreciadores, podem comprar o Pack Enóphilo por 60€, que dá acesso a todo o programa.
A organização disponibiliza, a título de empréstimo, um copo Schott Zwiesel para degustação de todos os vinhos.

Depois de apresentado o programa dizer que o Blog Comer, Beber e Lazer, em conjunto com o Enóphilo Wine Fest, tem a prazer de lançar um passatempo onde irá oferecer aos vencedores 3 entradas duplas para o evento.
Para ficar habilitado basta seguir os seguintes passos:
1 - Fazer like na Página de Facebook do Blog Comer, Beber e Lazer;
2 - Fazer Like na Página de Facebook do Enóphilo;
3 - Colocar um comentário nesta publicação a indicar "EU QUERO IR!" e o seu nome no facebook.

O vencedor será encontrado entre todos os participantes com sorteio via ramdon.org e anunciado no dia 19 de Abril. Boa Sorte!

terça-feira, 10 de abril de 2018

Vila Alva Vinhas Centenárias 2017 Branco

VILA ALVA VINHAS CENTENÁRIAS 2017 BRANCO | ALENTEJO | 13% | PVP  14,98€
ANTÃO VAZ, LARIÃO, MANTEÚDO, PERRUM, DIAGALVES, SÍRIA
ADEGA COOPERATIVA DE VIDIGUEIRA, CUBA E ALVITO, CRL
16,5

São apenas 2666 garrafas de um vinho exclusivamente elaborado com uvas de vinhas centenárias e vinificado em talha. As castas que o compõem têm nomes que pouco habituados estamos a ouvir falar que, devido não só à sua idade, produzem cachos mais concentrados e mais complexos em aromas e sabores. O resultado é um vinho único, diferente e que ao mesmo tempo tenta recuperar um pouco do que se fazia antigamente.
Cor amarelo definido, intensos, ligeiras nuances de dourado, aspecto limpo. Nariz com intensidade de fruta amarela e citrinos maduros, ligeira tangerina, toque terroso, barro, algum fruto seco, intenso, complexo e fresco. Na boca mostra boa amplitude e acidez, com a fruta bem composta, lado a lado com um traço fresco terroso, corpo médio, de comprimento final longo.
Gastronómico, sem dúvida.

domingo, 8 de abril de 2018

Mariposa 2014 Tinto

MARIPOSA 2014 TINTO | DÃO | 13% | PVP  4,95€
TINTA RORIZ, TOURIGA NACIONAL, JAEN
QUINTA DA MARIPOSA, LDA
15,5

Cor vermelho granada intenso, concentrado, aspecto limpo. Aroma a fruta preta madura, alguma silvestre, algum bosque, caruma, vegetal. Boa estrutura de boca, cheio, com ligeira secura, tanino bem delineado, já macio e polido, com a fruta vermelha fresca bem colocada, equilibrado e de final longo e persistente.
Um vinho que dará mais prazer assim, jovem e sem grandes formalismos. À mesa, claro, com comida de alguma estrutura, que lhe faça companhia sem o tentar destronar.

quinta-feira, 5 de abril de 2018

Jantar Vínico "À Mesa Com Os Vinhos Messias" no Dia 12 de Abril

O Blog Comer, Beber e Lazer senta-se à mesa com os Vinhos Messias num jantar vínico  no qual se embarca numa viagem pela História deste icónico produtor e onde se poderá conhecer alguns dos seus vinhos e colheitas provenientes dos três Terroirs onde a Messias produz vinho: Douro, Dão e Bairrada. 
Aos vinhos junta-se a cozinha do Restaurante A Tendinha, em Mem Martins, para a harmonização dos pratos e, ainda, um Blogger (eu!) que também tem algo para contar. 
Escutar o Produtor e o Blogger numa aproximação informal e limitada a 20 participantes ao mundo de um dos maiores produtores de vinho em Portugal. 
Uma oportunidade a não perder! 

EMENTA 
Entrada 
Cocktail de Camarão com Meloa 
Espumante Quinta do Valdoeiro Baga Chardonnay 2014 

Peixe 
Bacalhau com Broa 
Bairrada Clássico 2012 Branco 

Carne 
Lombinhos de Vitela Ao Porto 
Vinha de Sta Bárbara 2013 Tinto 

Carne 
Cabrito à Saloio 
Messias Garrafeira Clássico 2013 Tinto 

Sobremesa 
Tarte Queijada de Sintra 
Porto Messias 20 anos 

Espero por si!
_________________________________________
À MESA COM OS VINHOS MESSIAS
Quando: 12 de Abril 2018 às 20:30H
Onde: Restaurante A Tendinha, em Mem Martins
Preço: 32€ por pessoa 
Como: Inscrever-se pelo mail comerbeberlazer@hotmail.com . Receberá mais instruções na resposta.
Para: Limitado a 20 Pessoas
Mais: 10% de desconto na compra dos Vinhos servidos neste dia

terça-feira, 3 de abril de 2018

Marquês de Borba 2017 Branco

MARQUÊS DE BORBA 2017 BRANCO | ALENTEJO | 12,5% | PVP  5,49€
ARINTO, ANTÃO VAZ, VIOGNIER
J PORTUGAL RAMOS VINHOS, SA
16

Já há uns anos que acompanho esta referência da João Portugal Ramos. Por vezes, volto atrás, volto a beber o mesmo vinho alguns anos depois. Fico satisfeito por encontrar um vinho que nesta gama continua a não desiludir e, melhor do que isso, a conseguir cativar colheita após colheita. Está aí a de 2017.
Cor amarelo citrino, esverdeados limpos e brilhantes, aspecto jovem. No nariz mostra a simplicidade da fruta citrina, bem ladeada por leves notas de tropical fresca e alguma amarela de caroço, traço mineral, elegante e fresco. Na boca assalta-nos com acidez vibrante, citrina e mineral, boa secura e frescura, revelando elegância e final de boca longo.

domingo, 1 de abril de 2018

DoisPontoCinco Síria 2015 Branco

DOISPONTOCINCO SÍRIA 2015 BRANCO | BEIRA INTERIOR | 12% | PVP  5,49€
SÍRIA
2.5 VINHOS DE BELMONTE, LDA
16

Até parece mentira, mas hoje é o primeiro de abril, já com tempo soalheiro e a puxar um vinho mais fresco para acompanhar a refeição ou um petisco.
Este é um 100% Síria (não confundir com Syrah) e é a variedade mais representativa nos vinhos brancos da Beira Interior. Produz brancos que se distinguem pela sua mineralidade e frescura. Este é um belo exemplar.
Cor amarelo citrino, esverdeados leves, aspecto limpo. Nariz com muita frescura na fruta, citrina, amarela de caroço, traço mineral vincado, silex lascado, elegante. Boca com vida, acidez acutilante e envolvente, persistente, limonado, com ligeira untuosidade e volume, num final longo, fresco e de um leveza ímpar.
Casou-se com uns mexilhões com marinada de tomate e pimentos verdes de forma fantástica.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails